RIO DOS SINOS: O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) irá interditar parcialmente a BR-116, na altura do km 245, pista sentido capital, junto à ponte sobre o rio dos Sinos, em São Leopoldo (RS), para obras. Foto: Divulgação/Ilustrativa

De acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), alteração será das 22h às 6h

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) irá interditar parcialmente a BR-116, na altura do km 245, pista sentido capital, junto à ponte sobre o rio dos Sinos, em São Leopoldo (RS), para obras.

De acordo com o Dnit, o tráfego será interrompido entre 22h desta segunda-feira (29) e 6h desta terça-feira (30) para a colocação das pré-lajes restantes da nova ponte.

Ainda de acordo com a Autarquia, a operação contará com sinalização ostensiva, inclusive com dispositivos noturnos, para garantir a segurança dos usuários da rodovia e dos trabalhadores.

Segundo o Dnit, durante a interdição, as equipes irão lançar as 79 pré-lajes restantes das 266 unidades que compõem os vãos dos extremos, intermediário e central da nova ponte sentido interior-capital. Existe a possibilidade de mais duas noites de bloqueios, mas este cronograma será confirmado após a operação desta segunda-feira.

Os elementos pré-moldados possuem três metros por um metro e pesam 750 quilos cada um. Após a instalação total das pré-lajes, as equipes seguem com a concretagem das lajes dando forma à pista.

O complexo

Segundo o Dnit, as obras das duas travessias iniciaram em março deste ano. Ao todo, serão construídas quatro novas pontes, paralelas às existentes, duplicando o número de faixas de trânsito de duas para quatro por pista na BR-116, no complexo dos Sinos. Serão duas pontes sobre o canal principal e outras duas na várzea do rio dos Sinos. Este ponto é considerado um dos principais gargalos no tráfego do trecho metropolitano da rodovia – onde cerca de 140 mil veículos transitam diariamente.

As pontes sobre o canal principal, quando concluídas, terão 100 metros de comprimento e 11,3 metros de largura, com duas novas faixas de tráfego, passeio e ciclovia. Com cinco vãos de 20 metros, cada uma é composta por seis blocos de fundação. Cada bloco é suportado por oito estacas do tipo raiz, com 40 centímetros de diâmetro e comprimentos variáveis de oito a 13 metros. De acordo com o projeto, as estacas estão de dois a três metros cravadas em rocha, no subleito do rio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui