MAIS CONTROLE: O DER de MG instalou três novos radares fixos na BR-135, em Curvelo e Bocaíúva, que já estão multando os infratores desde o dia 12 deste mês. Foto: Divulgação/DER MG

De acordo com o Departamento, equipamentos estão multando os infratores desde o dia 12 deste mês

Três novos radares fixos instalados pelo Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG) nos Kms 408 e 413, em Bocaíúva; e no Km 602, em Curvelo, já estão multandos os infratores desde o dia 12 deste mês.

De acordo com o DER, os equipamentos visam coibir abusos por parte de motoristas do limite de velocidade nesses trechos. Entre os dias 5 e 12 de janeiro, os equipamentos operavam em modo educativo.

Ainda de acordo com o DER, os redutores eletrônicos de velocidade (radares fixos) foram instalados nos quilômetros 408,80, e 413,95 em Bocaiúva, com as velocidades de 100 km/h e 80 km/h (veículos pesados e veículos leves), para o primeiro equipamento e o segundo com velocidade máxima de 60 km/h.  O terceiro radar foi instalado no quilômetro 602,3, em Curvelo, com limitação de 60 km/h.

 Rodovia  km Município Velocidade regulamentada   Modo educativo / Início de operação Autuação / Início de operação
 

BR-135

408,80  Bocaiúva  100 km / h e 80 km / h  

05/01/2021

 

12/01/2021

413,95   Bocaiúva 60 km / h
602,30  Curvelo 60 km / h

Com esses novos equipamentos, o DER passa a operar 467 radares fixos nas rodovias estaduais.

Segurança

O controle eletrônico de velocidade tem como principal objetivo garantir a segurança dos usuários que transitam pelas rodovias mineiras. Por isso, o DER-MG sempre orienta os motoristas a respeitarem os limites estabelecidos para cada trecho, independente da presença dos equipamentos.

O órgão disponibiliza no site a relação completa dos radares fixos em operação no estado, incluindo a localização e a velocidade máxima permitida.

A lista pode ser consultada no link: http://www.deer.mg.gov.br/transportes/localizacao-de-radares.

Fonte: Assessoria de imprensa do DER-MG

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui