RECUPERAÇÃO: O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) conclui, nessa segunda-feira (19), a restauração de 12,47 quilômetros de pista na BR-282, em Santa Catarina, entre os Kms 573,12 e 575,50, de Nova Erechim a Pinhalzinho; e do km 629,85 ao km 639,94, entre Iraceminha a Descanso. Foto: Divulgaçao

Obras foram entregues nessa semana pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT); Autarquia já recuperou, neste ano, 53,87 quilômetros

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) conclui, nessa segunda-feira (19), a restauração de 12,47 quilômetros de pista na BR-282, em Santa Catarina, entre os Kms 573,12 e 575,50, de Nova Erechim a Pinhalzinho; e do km 629,85 ao km 639,94, entre Iraceminha a Descanso.

De acordo com a Autarquia, em 2020, foram entregues ao tráfego 53,87 quilômetros em condições de trafegabilidade.

Ainda de acordo com o Dnit, as obras, orçadas em R$ 158 milhões, abrangem ainda a implantação 33 quilômetros de terceiras faixas e a recuperação da pavimentação de mais 66,13 quilômetros da BR-282, no trecho localizado entre Chapecó e São Miguel do Oeste. A previsão da Autarquia é entregar essa parte até o fim de 2021.

O Dnit informou que também estão previstos trevos em Pinhalzinho, Iraceminha, Nova Itaberaba e Sede Figueira, em Chapecó. Ainda, um trevo em Cunha Porã e outro em Palmitos, além de melhorias no trevo de acesso à BR-158/SC.

Trechos da BR-282 já restaurados:

Campos Novos e Erval Velho – do km 354 ao km 363: 9 quilômetros;

Chapecó – do km 534,8 ao km 544,5: 9,7 quilômetros;

Nova Erechim – do km 561,3 ao km 573,5: 11,9 quilômetros;

Pinhalzinho – do km 578,8 ao km 582,3: 3,5 quilômetros;

Iraceminha – do km 620,5 ao km 625,2: 4,7 quilômetros;

Descanso – do km 629,8 ao km 633,7: 2,4 quilômetros.

Importância

Segundo o Dnit, por se tratar de uma importante rota do agronegócio catarinense, a BR-282 tem sido alvo de constante preocupação da Autarquia. As obras que vêm sendo executadas pela Autarquia garantem maior segurança aos usuários da rodovia e reduzem o custo da logística de transporte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui