MELHORIAS: O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) está realizando serviços de manutenção na BR-364, no Estado de Rondônia, no trecho entre Extrema até a divisa com o Acre. Fotos: Divulgação/Dnit

De acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), serviços vão de Extrema à Divisa com o Acre

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) está realizando serviços de manutenção na BR-364, no Estado de Rondônia, no trecho entre Extrema até a divisa com o Acre.

De acordo com a Autarquia, a rodovia recebe ações de reciclagem do pavimento existente, com execução de camada de base em brita graduada e Concreto Betuminoso Usinado à Quente (CBUQ).

Ainda segundo o Dnit, a estrutura da rodovia também recebe melhoramentos nos serviços de reciclagem da base, com adição de cimento e brita.

Conforme cronograma de atividades, outros segmentos recebem serviços de fresagem, com retirada da camada de rolamento que apresentava defeitos. Em seguida, será aplicada nova capa asfáltica, garantindo, assim, maior durabilidade à rodovia.

Alteamento da pista

Para evitar futuros alagamentos da BR-364, como ocorreu em 2014, o Dnit aprovou os projetos e acompanha o alteamento de mais de 10 quilômetros da rodovia.

Segundo o Dnit, próximo à comunidade de Velha Mutum, os serviços são executados e financiados pela Usina Hidrelétrica de Jirau, a partir de acordo firmado entre as partes.

São mais de 10 quilômetros de alteamento da rodovia, com uma média de 3 metros de altura, com aterro compactado em rocha.

A estrutura do pavimento vai contar com base e sub-base em brita graduada e revestimento em CBUQ.

Tráfego mais seguro

As melhorias vão garantir mais segurança e conforto na trafegabilidade da BR-364, no segmento que faz a ligação entre os estados de Rondônia e do Acre, principalmente nos períodos de chuva e de cheia dos rios.

O alteamento também abarcou a ponte sobre o Rio Mutum, em mais de 2 metros, com aproximadamente 200 metros de extensão. O serviço inclui as cabeceiras da estrutura para ligação com a rodovia.

Segundo a Autarquia, os trabalhos devem ser concluídos em dezembro deste ano. As equipes também avançam nos serviços de manutenção da BR-364, entre Presidente Médici e Cacoal. São mais de 70 quilômetros que recebem melhoramentos entre os dois municípios, incluindo reciclagem, reforço e recomposição a base, além da aplicação de nova capa asfáltica.

CONFORTO E RAPIDEZ: Em maio deste ano, o Dnit entregou a nova ponte do Abunã, que passou a facilitar a travessia do Rio Madeira. Com isso, os usuários deixaram de pagar altos valores na balsa. Agora, é possível fazer a travessia do Acre ao restante do país.

Ponte de Abunã

A BR-364 é de grande importância para o escoamento da produção de grãos do oeste do Mato Grosso e Rondônia, em direção às balsas de transporte em Porto Velho (RO).

Segundo o Dnit, os usuários não precisam mais aguardar horas para atravessar o Rio Madeira, pagando altos valores de balsa. Em maio deste ano, foi entregue a nova ponte do Abunã, com mais de 1500 metros de extensão, que permite o acesso rodoviário do Acre ao restante do país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui