A Ford lidera o mercado europeu com vans como a Transit

As vans, tradicionalmente usadas para fins comerciais, também vêm crescendo como veículo de lazer na Europa, a um ritmo que chega a dois dígitos na maioria dos países. E a expectativa é que a tendência continue, com as pessoas buscando maior isolamento nas férias.

A Ford é líder do segmento no continente com a linha Transit e apresentou duas novidades: uma versão para acampamento com teto inclinável e modelos com visual inspirado em ralis.

A nova Transit com teto inclinado, Custom Nugget Plus, é classificada como um “loft sobre rodas”. Ela é derivada da versão campeira Nugget, que foi lançada inicialmente na Alemanha e chegou a outros mercados da Europa em 2019. Este ano, a Ford prevê triplicar as suas vendas em relação a 2018.

Desenvolvida em parceria com especialistas, ela tem motor diesel Ford 2.0 EcoBlue, de 130 ou 185 cv, e recursos avançados de assistência e conectividade, incluindo modem com wi-fi. Com chassi extra longo e exclusivo design interno em L, é equipada com copa, cozinha, banheiro, pia e armários, além de sala que pode ser revertida em bancos para três pessoas, com ganchos Isofix para crianças. Ventiladores, luzes de leitura de LED, cortinas nas janelas e dois tanques de água com capacidade de 84 litros são outros itens.

O teto mais baixo da van facilita a passagem sob árvores e pontes e o acesso aos compartimentos internos. Quando aberto, ele cria um espaço de até 2,4 metros de altura para o dormitório com cama dupla dobrável.

Viver numa van é possível com relativo conforto

Feito de composto e isolado com espuma para manter o conforto térmico, é leve para ser movimentado manualmente e tem coberturas laterais dobráveis para proteção contra o tempo. Pode também receber rack para transportar equipamentos.

“Desde passeios de fim de semana a férias prolongadas com toda a família, estamos vendo uma demanda crescente pela aventura e liberdade que as vans campeiras oferecem”, diz Hans Schep, gerente geral de Veículos Comerciais da Ford Europa. “O teto baixo e inclinável aumenta o espaço interno e elimina a preocupação de passar em lugares com restrição de altura, além de ajudar a economizar combustível.”

Resta saber se existe mercado para esse tipo de veículo no Brasil. Para saber isso, o Estradas.com.br , solicitou que seus seguidores no Facebook digam o que acham. E você, pegaria a estrada com uma dessas?

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui