SÓ EM DEZEMBRO: O Governo de SP autorizou o aumento de pedágio nas rodovias pauslitas, a partir de 0h de 1º de dezembro, com índices que variam 1,87% e 2,13%. O aumento - que acontece sempre em 1º de julho - foi adiado por conta da pandemia do coronavírus. Foto: Aderlei de Souza

De acordo a Artesp, a infração de trânsito, além de gerar multa de R$ 195,23 e cinco pontos na carteira de habilitação, aumenta o risco de acidentes

A Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp) divulgou nesta semana um levantamento que mostra tendência de queda nas evasões de pedágio nas rodovias concedidas.

De acordo com a Agência, entre janeiro e julho deste ano, foram registradas 792 mil evasões nas praças de pedágio ao longo da malha viária paulista, número 9,8% menor na comparação ao mesmo período do ano passado, quando aconteceram 878 mil evasões.

Ainda de acordo com a Artesp, esse é o menor número desde 2016. O total no primeiro semestre de 2018 foi de 868 mil, 1,5 milhão em 2017 e 2,3 milhões em 2016, o que demonstra uma redução gradual no índice.

Segundo a Agência, além da infração de trânsito, que gera multa de R$ 195,23 e cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), a evasão de pedágio pode aumentar o risco de acidentes.

Monitoramento

Dentre as ações realizadas pelas 20 concessionárias reguladas pela Artesp, em conjunto com a Polícia Militar Rodoviária (PMRv), estão: monitoramento por vídeo 24 horas por dia nos Centros de Controles Operacionais (CCOs), com foco principal nas pistas de pedágio automático; presença policial nas praças de maior incidência de evasão; mapeamento e identificação de veículos com placas descaracterizadas; campanhas educativas em canais de mídia e mensagens nos painéis eletrônicos ao longo dos 10,8 mil quilômetros de rodovias concedidas, e instalação de equipamentos automáticos não metrológicos, programados especificamente para detectar a evasão nas pistas automáticas.

Desde 2013, uma resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) permite que um agente de fiscalização multe o veículo usando apenas o sistema de monitoramento por vídeo. Neste caso, a notificação de autuação é enviada ao endereço do proprietário do veículo. Ao receber, ele poderá indicar o verdadeiro condutor infrator, caso não seja ele quem tenha cometido a evasão.

Dicas de segurança em cabines automáticas

• As pistas são exclusivas para veículos com tag ativo, assim, é bom manter o dispositivo instalado de forma correta, além de verificar o saldo e a regularidade junto à operadora;

• Nas aproximações das praças de pedágio, os usuários deverão atentar para a redução gradativa da velocidade regulamentada, bem como, estabelecer a distância segura dos demais veículos. Estando com o tag ativo e regular, na entrada e passagem pela pista automática, mantenha velocidade constante e dentro dos limites definidos – 40 Km/h;

• O semáforo de fiscalização passará do vermelho para o verde, indicando a regularidade da passagem;

• ​Caso o semáforo se mantenha no vermelho, o usuário deverá parar e aguardar orientação do funcionário da concessionária.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui