ESTÍMULO ÀS BOAS PRÁTICAS: “Nossa parte é estimular cada vez mais a integridade. Olhamos o potencial que essas empresas têm para que elas possam servir de exemplo para as demais. É algo que vai valer a pena para todos, para as empresas e para nós aqui do ministério”, disse o ministro Tarcísio de Freitas. Foto: Divulgação

De acordo com o Governo Federal, empresa foi reconhecida no desenvolvimento de boas práticas de governança, ética e integridade

O Governo Federal, por meio do Ministério da Infraestrutura (MInfra), reconheceu nessa terça-feira (26) o trabalho de três empresas por suas boas práticas de governança. Receberam o selo Infra + Integridade a Camargo Corrêa Infra, a Empresa Construtora Brasil (ECB) e KPE Performance em Engenharia. A iniciativa é um dos principais pilares do programa Radar Anticorrupção.

A cerimônia de entrega ocorreu em Brasília (DF) e contou com a participação do ministro Tarcísio de Freitas, do ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Wagner Rosário, do secretário-executivo do MInfra, Marcelo Sampaio, e da subsecretária de Conformidade e Integridade da pasta, Fernanda Oliveira. Segundo Oliveira, foram 19 empresas inscritas para receber o prêmio. Das nove habilitadas, três acabaram com seus trabalhos reconhecidos.

“Nossa parte é estimular cada vez mais a integridade. Olhamos o potencial que essas empresas têm para que elas possam servir de exemplo para as demais. Para que, em um futuro próximo, o mercado olhe de maneira diferente, e enxergue que essa maneira de agir, agir com integridade, se traduz em resultados. É algo que vai valer a pena para todos, para as empresas e para nós aqui do ministério”, disse Freitas.

Boas práticas

O Programa Radar tem como objetivos aprimorar a gestão pública, melhorar o controle interno, zerar casos de corrupção envolvendo contratos do MInfra e dificultar os desvios de conduta e de recursos públicos. Por isso, foram definidos oito pilares com as iniciativas prioritárias à necessária promoção de integridade institucional e relacionadas à prevenção, detecção e combate à corrupção.

O selo premia empresas do setor que adotam boas práticas em governança corporativa, bem como desenvolvem e incentivam o comportamento ético, ações de transparência e prevenção à fraude e à corrupção. O selo tem duração de 12 meses e a Camargo Corrêa Infra está entre as poucas construtoras do segmento de obras de infraestrutura a receber o reconhecimento.

Para a obtenção do Selo, a Camargo Corrêa Infra passou por uma análise técnica criteriosa das iniciativas adotadas no âmbito interno da empresa a partir de evidências, documentos, cases de experiência e certidões, num processo que teve a duração de aproximadamente cinco meses.

Na avaliação da gerente de compliance da Camargo Corrêa Infra, Jussara Rocha Tibério, a conquista do Selo Infra + Integridade agrega mais credibilidade à marca Camargo Corrêa Infra perante o mercado e confirma o comprometimento da companhia em transformar o setor de infraestrutura, priorizando a transparência e a ética nos negócios e nas relações com todos os stakeholders.

“Para nós, estar em compliance é muito mais do que cumprir as normas e as leis. É colocar a integridade e a transparência como valores máximos e inegociáveis para guiar todas as nossas ações. Trata-se de um compromisso muito maior com a sociedade e com a nossa própria consciência de que nossos atos importam, influenciam e que devemos agir como multiplicadores de condutas íntegras”, afirma Jussara.

Cultura de ‘Fazer o Certo Sempre’

A Camargo Corrêa Infra foi criada em outubro de 2017 sob os pilares de Transparência, Integridade, Excelência, Integração e Respeito. Subsidiária integral da Construções e Comércio Camargo Corrêa, a Camargo Corrêa Infra nasceu comprometida em contribuir para a transformação do setor e, desde então, tem um trabalho sério e contínuo com a governança e integridade e já é reconhecida pela maturidade e robustez do seu Sistema de Integridade e Compliance que perpassa por todos os níveis hierárquicos da empresa.

“Temos um sistema de integridade robusto baseado em nossos valores, apoiado por toda a liderança da empresa e que guia as nossas condutas para fortalecer a cultura de fazer o que é certo em todas as situações. A nossa liderança é altamente comprometida com essa causa e todos os nossos executivos disseminam uma cultura de integridade e de tolerância zero a condutas antiéticas”, afirma Jussara.

INTEGRIDADE – Participaram do evento, além do ministro Tarcísio de Freitas, o ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Wagner Rosário, o secretário-executivo do MInfra, Marcelo Sampaio, a subsecretária de Conformidade e Integridade da pasta, Fernanda Oliveira, e executivos das empresas premiadas. Foto: Ricardo Botelho/MInfra

Confira algumas das iniciativas implementadas pela Camargo Corrêa Infra que ajudaram na obtenção do Selo Infra + Integridade:

– Programa permanente com ações detectivas, preventivas e resolutivas de condutas íntegras, baseado em comunicação eficiente, treinamentos e normativos;
– Disponibilização dos canais de ouvidoria e linha ética confidencial para recebimento e apuração de denúncias envolvendo a conduta de profissionais, clientes e fornecedores, garantindo-se o anonimato e a não retaliação;
– Reportes periódicos da área de Compliance e Integridade à Presidência, à Diretoria Executiva e aos acionistas direto e indireto, inclusive por meio de Comitê de Compliance;
– Apoio a iniciativas de impacto social nas comunidades beneficiadas pelas obras executadas pela construtora, disseminando a cultura da ética e transparência para além da empresa;
– Adoção de medidas de gestão ambiental além das exigidas por lei em todas as obras em execução;
– Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional comprometida com o respeito à vida e ao bem-estar dos colaboradores;
– Diretoria formada por profissionais com décadas de experiência comprovada em suas áreas de atuação;
– Adesão a movimentos da sociedade civil organizada em defesa de condutas éticas nos negócios, como: Movimento Empresarial pela Integridade e Transparência, criado pelo Instituto ETHOS; Pacto Empresarial pela Integridade e Contra a Corrupção, liderado pelo Comitê Brasileiro do Pacto Global; participação efetiva no Conselho de Ética do Sinicon (Sindicato Nacional da Indústria da Construção Pesada – Infraestrutura).

Com informação da Ascom do MInfra e da Camargo Corrêa Infra.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui