RIGOR: PRF aperta o cerco contra os caminhões sem condições de segurança para trafegarem. Foto e vídeos: Divulgação/PRF-GO

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), fiscalização temática faz parte do “Programa Rodovida”

Um comando voltado à fiscalização a veículos de carga resultou em 43 flagrantes de infrações, dois caminhões recolhidos e seis que deverão apresentar as irregularidades sanadas na unidade da PRF em Rio Verde, em Goiás.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a ação faz parte do calendário do “Programa Rodovida” e foi realizada em unidades da PRF de todo o país nessa quarta-feira (12).

Na base da BR-060, em Rio Verde (GO), os inspetores fiscalizaram 19 caminhões e encontraram irregularidades que colocam em risco a segurança dos usuários da rodovia. Quatro caminhões foram flagrados com defeitos no sistema de freios e dois precisaram ser apreendidos por não possuírem as mínimas condições de segurança para transitar em vias públicas.

Segundo a Corporação, além dos problemas no freios, foram flagrados ainda pneus em mau estado de conservação e segurança, para-brisas trincados, cinto de segurança inoperante e iluminação defeituosa. Seis veículos receberam prazo para sanar as irregularidades e apresentar à PRF.

8 COMENTÁRIOS

  1. Esses sao os que arriscam passar na guarita sendo que ela esta dentro da cidade ou seja tem um monte de desvio por onde os inflatores usam e nao passa por ali. EU ACHO QUE DEVERIA MUDAR O PONTO DA GUARITA FICANDO MAIS ADIANTE

  2. Esse sistema de serviço da Polícia Federal ou estadual deveria ser constante porque o motorista tem dinheiro pra bebe e usar droga porque não tem dinheiro pra manter o seu veículo bem conservado pondo em risco sua vida e dos outros lei é lei e tem que ser cumprida doa a quem doer

  3. Aliás os motoristas de caminhões deveriam ter um mecanismo para avaliar a capacidade do funcionario publico exercer sua atividade, pois com tantos perigos nas BRs, nunca se vê um PRF sinalizando trechos perigosos, locais com alto índice de roubos de cargas, pontes e obras de arte em péssimo estado de conservação, rodovias pedagiadas sem condições de trafegar devido a péssima manutenção, enfim, ver a PRF trabalhar, pois fiscalizar quem esta trabalhando é fácil, queria ver se o salario deles também dependesse da execução de tarefas !

  4. E seu policial vc quer servir lei no pé letra… e porque a lei não serve pra ajuda os caminhoneiro e a população com nosso dinheiro deixa de ser puxa saco de de governo meu amigo …

  5. Isso é reflexo da desvalorização do frete, e o aumento excessivo dos combustíveis e manutenções, o problema não o diesel auto ou peças. mas não tem é fiscalização. Por exemplo a lei que foi criada após a greve dos caminhoneiros em 2018, ela não é praticada pelas empresas que contratam frete, lá diz que a cada aumento 10% ou superior a isso deveria ser repassado no valor do frete mas isso não acontece, se acontecesse os caminhões não estariam nesta condições, todo caminhoneiro quer seu caminhão arrumado mas o valor dos fretes hj são extremamente defasado.

  6. Meus parabéns a nossa gloriosa PRF tem que fazer sim fiscalização vamos ver a fiscalização nós trazeira erguida bora vê

  7. Infelizmente a situação do autônomo e daí pra pior mas já começou a ofender as grandes empresas tbm Resumindo estão TDS nadando na merda

  8. é simples entender o porquê dessa situação. Concorrência desleal livre comércio encarando o cartel do petróleo e das rodovias e nossos governantes fazendo de cego
    ..tem que ter no DNIT um dirigente da área não esse infeliz que aí esta

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui