Durante audiência pública na Câmara dos Deputados, o representante da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Luiz Antonio Fayet ficou ofendido quando foi apresentado um vídeo sobre os “Escravos da Soja”, realizado pela Folha de São Paulo em 2012 que mostrava as péssimas condições dos caminhoneiros e a exploração dessa mão de obra pelo agronegócio. Imeditamente o Deputado Nelson Marquezelli, o mesmo que comandou a revogação da Lei do Descanso, para atender os interesses dos embarcadores e foi o principal responsável pela Lei dos Caminhoneiros, defendeu o agronegócio e disse que trabalha quem quer. Argumento também utilizado pelo representante da CNA.

Hoje, matéria da Revista Carga Pesada mostra que as péssimas condições de trabalho e espera dos caminhoneiros na hora de descarregar e carregar continua. Lei a reportagem (http://cargapesada.com.br/…/comendo-poeira-ou-amassando-ba…/ ), veja a polêmica e dê sua opinião, o caminhoneiros são escravos ou não?  O vídeo da Folha de São Paulo que fala nos escravos da soja, foi publicado quando a lei anterior (12.619/12 – A lei do Descanso) estava entrando em vigor:  https://www.youtube.com/watch?v=BbHLJcC-TUw

Depois foi revogado pela Lei 13.103/15 e as condições dos motoristas pioraram.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui