Craques do futebol brasileiro e mundial não tem a menor orientação dos seus clubes e empresários sobre os cuidados no trânsito. Seja dirigindo seus veículos potentes como quando viajam no ônibus dos clubes e seleção, correm riscos desnecessários que podem causar tragédias e prejuízos milionários, caso fiquem feridos ou inválidos.

Por isso, o Coordenador do SOS Estradas, Rodolfo Rizzotto, faz um alerta para que clubes preparem os atletas na base para serem bons exemplos e evitarem riscos desnecessários. Afinal, a violência no trânsito está em todos os campos de atividade, inclusive nos de futebol.

Ouça o comentário clicando aqui:

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui