MAIS RAPIDEZ: Parceria da Ecopistas com empresa de seguros vai possibilitar atendimentos mais rápidos aos usuários no corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto. Fotos: Divulgação/Ecopistas

De acordo com a Ecopistas, novo recurso vai garantir mais rapidez aos apoios mecânicos e às sinalizações em caso de acidentes

Com o objetivo de deixar o atendimento aos usuários ainda mais rápido, a concessionária Ecopistas, responsável pelo corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto, inicia nesta quinta-feira (1º/4), o uso de motocicletas na operação rodoviária, em parceria com uma empresa de seguros. A primeira moto, que vai operar em fase de teste por 90 dias, circulará no trecho entre São Paulo e Guarulhos, do km 11 ao km 28 da rodovia Ayrton Senna da Silva (SP-070), onde se concentra o maior número de panes e acidentes. O auxílio aos motoristas será feito todos os dias, das 7h às 19h.

De acordo com a concessionária, a iniciativa é uma inovação dentro do Programa de Concessões Rodoviárias. “Com esse recurso, chegaremos nas ocorrências num menor tempo, pois o veículo possui mais mobilidade para percorrer trechos com tráfego intenso e, assim, realizar com agilidade o primeiro apoio operacional aos motoristas e a sinalização de acidentes”, explica o coordenador de Tráfego da Ecopistas, Gustavo Dávila.

Ainda segundo a empresa, em média, são realizados cerca de 120 atendimentos por dia nas rodovias administradas. Com o reforço, a expectativa é oferecer um atendimento mais dinâmico. “A inspeção com a moto identificará, com mais brevidade, possíveis situações que possam gerar acidentes, contribuindo assim para a segurança de quem usa nossas rodovias. O operador estará equipado com chave de roda, macaco hidráulico e equipamento para a recarga de baterias”, comenta.

TESTE: A Ecopistas começou a testar um guincho 100% elétrico para a remoção de veículos. O equipamento tem autonomia de 240 quilômetros e já realizou 184 atendimentos, percorrendo 2.809 quilômetros.

Guincho elétrico

De acordo com a empresa, outra iniciativa no atendimento aos usuários da Ecopistas chegou no mês passado, quando a concessionária começou a testar um guincho 100% elétrico para a remoção de veículos. O equipamento, que tem autonomia de 240 quilômetros, já realizou 184 atendimentos e percorreu 2.809 quilômetros, entre fevereiro e março, e segue em caráter de teste.

“O guincho elétrico é mais uma alternativa para o impacto ambiental, uma vez que é uma matriz energética de fonte renovável e emite 96% menos gases de efeito estufa”, explica Marcelo Sebastião, diretor do Porto Socorro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui