REPAROS: O DER, do Paraná,iniciou nessa semana, serviços de reparos no pavimento da PR-463, entre a Uniflor e Paranacity, numa extensão de 20 quilômetros. Fotos: Divulgação

Trabalhos incluem fresagem e recapeamento numa extensão de 18 quilômetros

O Departamento de Estradas de rodagem (DER) do Paraná, iniciou nessa semana as obras de melhorias no pavimento da rodovia PR-463, no trecho entre Uniflor, no Norte Central, e Paranacity, na região Noroeste.

De acordo com o DER, os serviços incluem a fresagem, que é a retirada da camada superior do pavimento, seguida pela aplicação de Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ) e a compactação deste material.

Ainda de acordo com o DER, este trecho da PR-463 tem extensão de cerca de 20 quilômetros e inclui o município de Cruzeiro do Sul, também na região noroeste.

Beneficiados

De acordo com o DER, serão beneficiados mais de 18 mil habitantes das três cidades, além dos condutores que utilizam a rodovia para acessar outras regiões do Estado ou que seguem rumo a São Paulo.

“A agropecuária representa uma parte muito importante da economia de Uniflor, Cruzeiro do Sul e Paranacity, e para escoar essa produção os três municípios contam principalmente com a PR-463. Com esses primeiros remendos vamos começar a resolver a situação da rodovia, enquanto planejamos melhorias ainda maiores para atender a região”, afirma o secretário estadual de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex.

Os remendos superficiais são executados para reparar buracos que não necessitam de melhorias na base ou sub-base do pavimento. Eles estão incluídos nos serviços do lote 7 do programa Conservação e Recuperação com Melhorias do Estado do Pavimento (Cremep) do DER.

CREMEP: Os remendos superficiais são executados para reparar buracos que não necessitam de melhorias na base ou sub-base do pavimento. Eles estão incluídos nos serviços do lote 7 do programa Cremep.

Manual e mecânico

De acordo com o DER, quando a área a ser recuperada é maior que 15 m², é feito o remendo superficial mecânico, que utiliza máquina fresadora a frio, limpeza do local com compressor de ar, motoniveladora para distribuição do CBUQ e compactação com rolo compactador.

Ainda segundo o DER, quando a área é menor que 15 m², é feito o remendo superficial manual, que utiliza serra de corte de asfalto e picaretas para a fresagem, pás, enxadas, rastelos e rodos para a distribuição do CBUQ, e compactador vibratório portátil para compactar o material.

Após a fresagem e limpeza da área, e antes da aplicação do CBUQ, é realizado outro serviço, a pintura de ligação. Ela consiste em aplicar uma mistura de Concreto Asfáltico de Petróleo (CAP) e água, chamada emulsão asfáltica, utilizando máquina própria para isso, e serve para garantir a aderência do CBUQ à base do pavimento e à área que foi fresada.

“A equipe técnica analisa o trecho que vai receber os serviços, determinando qual deles é o indicado para solucionar os problemas do pavimento”, explica o diretor-geral do DER, Fernando Furiatti. “No caso de buracos ou panelas pequenas, remendos superficiais, ou quando estão maiores, realizamos os remendos profundos, que empregam equipamentos específicos”, acrescenta.

Lote 7

De acordo com o DER, o lote 7 do Cremep vai realizar serviços de remendos superficiais e profundos, melhorias no sistema de drenagem e sinalização em 258,49 quilômetros de nove rodovias estaduais, um investimento de R$ 62 milhões.

Já foram feitas melhorias na PR-317, entre Maringá e Iguaraçu, e na própria PR-463, entre Nova Esperança e Uniflor.

2 COMENTÁRIOS

  1. A rodovia PR 463 está muito difícil para trafegar devido a grande quantidade de buracos.
    Hoje, seguindo em direção a São Paulo , minha familia e eu levamos um grande susto quando uma caminhonete quase nos acertou ao tentar desviar dos buracos.Seria bom se as autoridades pudessem dar uma atenção maior, porque do jeito que está, acidentes podem acontecer.

    • Prezada Geane Moreno,

      A senhora – como cidadã – tem o direito de registrar sua reclamação junto ao próprio DER do Paraná.

      Eis os contatos: Atendimento: de segunda-feira à sexta-feira, no horário da 8h30 às 18h, pelos telefones: 0800-41-0111 / (41) 3304-8192 / (41) 3304-8163 / (41) 3304-8210.

      Atenciosamente,
      Equipe Estradas

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui