HOMENAGEM: Neste domingo (11), que tal curtir ao lado dele? Escolha um destino e vá se divertir com seu paizão. Foto: Divulgação

Independente da data, viajar é bom demais. Agora, quando é para homenagear o paizão, fica melhor ainda. Veja as dicas de passeio e aproveitem

Neste domingo (11), o Brasil comemora o Dia dos Pais. Pesando nisso, o Estradas separou três dicas de passeio bem próximas de São Paulo para você celebrar ao lado da família e, de quebra, homenagear seu paizão.

Monte Alegre do Sul (SP)

Inserida no Circuito das Águas Paulistas, a cidade, conhecida como ‘cidade presépio’, é uma boa dica para quem gosta de tranquilidade e é vidrado em natureza, gastronomia, cachaça, doces e café. Bom, não é?!

Com boas opções de hotéis e pousadas, restaurantes e passeios, Monte Alegre do Sul, no interior de São Paulo, tem população em torno de oito mil habitantes e está distante a apenas 150 quilômetros da capital paulista.

Além disso, Monte Alegre do Sul possui infraestrutura de hotéis e pousadas, restaurantes e cafés que impressionam. Há programação para crianças, jovens e adultos, incluindo a terceira idade. Para quem não desgruda de seu animal de estimação, não tem problema, porque alguns hotéis e algumas pousadas permitem a entrada de cães e gatos de pequeno porte.

A Estância Turística de Monte Alegre do Sul possui um Balneário, que oferece aos visitantes banhos de imersão e de espuma, hidromassagem, duchas escocesa e circular, além de saunas úmida e seca. Vale a pena experimentar. Informações: https://www.montealegredosul.tur.br/

Melhor coalhada do Brasil

Tradicionalíssima em Monte Alegre do Sul, a coalhada do “seo” Nelson Peschiera é imperdível (a sobremesa já ganhou vários prêmios e tem certificado e tudo). Isso porque, além de bom atendimento, o turista irá saborear guloseimas que só lá tem. Exemplo de algumas delas é a coalhada com calda de figo (há outros sabores, mas e de figo é supimpa!), o creminho, os pães caseiros e outros doces. Todos deliciosos. Eu garanto! Não deixe de visitar a Doçaria Peschiera. Atualmente, o filho Cássio e neto Vinícius atendem aos clientes com a mesma gentileza do ‘seo’ Nelson.

Onde ficar?

Como disse no início do texto, Monte Alegre do Sul tem opções de hospedagens muito boas, que variam de acordo com o bolso do turista. Independente de valores, as dicas de onde ficar são muito boas. A escolha depende do seu gosto. Para quem estiver com a família, há três boas opções: o Riacho Verde Hotel, com excelente estrutura, boa gastronomia e área de lazer, além de ter monitores para cuidar dos baixinhos; a Pousada da Fazenda, com ótima gastronomia e ambiente ao estilo fazenda do vovô; e o Ibiti Hotel Rural, que também tem boas opções de chalés, boa gastronomia e piscina.

Agora, se o passeio for feito somente por adultos, há duas escolhas: a Villa Cottage Pousada, localizada no coração da cidade, é excelente escolha. Tudo é muito bom por lá. A começar pela recepção passando pela gentileza da Patrícia, que comanda o menu do café da manhã. Todos gentis. A pousada conta com nove chalés bem aconchegantes novos e um delicioso café da manhã, além de espaço para relaxar (rede, leitura e piscina). Vale cada centavo!

A segunda é a Pousada Cafezal em Flor, agraciada pela natureza com uma vista maravilhosa, uma piscina que recebe sol o dia todo, chalés de muito bom gosto, espalhados pelo cafezal, e um restaurante – que remete às cozinhas das casas dos avós – com um café da manhã de dar água na boca. O atendimento também é muito bom.

Monte Alegre do Sul ainda guarda endereço para você que quer degustar um bom café, o Kauffman Café, inaugurado em 2018, com bom atendimento; e o Complexo da Fonte, que inclui o bar, a adega e o Atelier, que tem ambiente decorados com bom gosto e oferece produtos exclusivos. Vale a pena visitá-los.

Como chegar?

Opção 1: Saindo de São Paulo, acesse a Rodovia dos Bandeirantes (SP-348) e siga até o km 47, onde adentrará à Via Anhanguera (SP-330). Siga até o km 61, e, entre, à direita, na SP-360 (Rodovia João Cereser), com destino a Itatiba. Ainda na SP-360 (agora, Rodovia Eng. Constâncio Cintra) passe por dentro das cidades de Itatiba, Morungaba e Amparo, observando sempre as indicações para Serra Negra. Em Amparo, siga as placas com destino a Serra Negra, até chegar na Praça Lions Internacional e adentrar, novamente, na SP-360, à esquerda. Você irá passar pela base da Polícia Militar Rodoviária, à esquerda da via, e irá percorrer uns três quilômetros até a entrada, à direita, na Rodovia Pedrina Maria da Silva Valente, rumo a Monte Alegre do Sul. são, em média, 150 quilômetros.

Opção 2: Saindo de São Paulo, utilizar a Rodovia Fernão Dias (BR-381), sentido Belo Horizonte, passando pelos municípios de Mairiporã e Atibaia. Depois de passar por Atibaia, siga sentido Bragança Paulista. Saia da Fernão Dias, no km 22, entrada à cidade de Bragança Paulista. Siga até Pinhalzinho e depois Monte Alegre do Sul. São, em média, 140 quilômetros.

Vela ressaltar que a distância, em km, varia de acordo com o local de saída da capital. No caso da opção 1, ela é recomendada para quem é amante de belíssimas paisagens, por conta do “túnel verde”, nas proximidades de Morungaba. Já na opção 2, o percurso é menor, entretanto, a Fernão dias é uma rodovia que requer muito mais atenção do motorista.

Pedágios

A viagem de São Paulo a Monte Alegre do Sul tem dois pedágios, tanto na ida como na volta.

IDA – km 39 da Bandeirantes (SP-348), valor da tarifa é de R$ 9,60 (veículos de passeio); e no km 77, da Eng. Constâncio Cintra (SP-360), no valor de R$ 3,70 (veículos de passeio).

VOLTA – km 77, na Eng. Constâncio Cintra (SP-360), no valor de R$ 3,70; e no km 36 da Bandeirantes (SP-348), no valor de R$ 9,60.

Itu (SP)

Falar de Itu sem remeter a objetos enormes, como o orelhão e o semáforo instalados na praça da Matriz, é praticamente impossível. A cidade ganhou a fama por conta do exagero e isso fez com que o município seja motivo de comparação a tudo que é grande e exagerado.

Mas a cidade vai além do exagero. Localizada a 75 quilômetros de São Paulo, o município tem encantos naturais e muita história para mostrar. São largos, igrejas centenárias, museus e antiquários instalados em belos sobrados e casarões dos séculos 18 e 19, além de fazendas e parques perfeitos para curtir e relaxar.

A Fazenda do Chocolate é um passeio bem bacana. A propriedade ainda preserva a bela arquitetura e guarda muitas histórias e causos da região – devidamente contadas por compadre Timóteo durante um cafezinho feito no fogão a lenha.

Outra dica de passeio é a Estrada Parque, a antiga Estrada dos Romeiros, que ainda hoje mantém a tradição das romarias feitas a pé e a cavalo rumo ao santuário de Pirapora do Bom Jesus.

Itu também vem despertando para o turismo rural. Os roteiros – preferidos da turma da terceira idade – incluem visitas a fazendas, passeios a cavalo, pescarias, caminhadas.

No quesito história e cultura, o passeio ao período colonial pode começar na Praça da Independência, onde está a Igreja do Carmo, construção de mais de 200 anos. Da igreja, a visita pode seguir rumo ao Museu Republicano, repleto de histórias do Brasil.

O passeio pela praça Padre Miguel, a que tem o orelhão e o semáforo gigantes, serve para apreciar a imponente torre da Matriz da Candelária, de 1780.

Nos arredores da Praça da Matriz ficam as lojinhas de suvenires repletas de borrachas, lápis e cotonetes enormes e o Bar Alemão, um restaurante centenário que serve o famoso ‘filé à parmegiana de Itu’. Por ali estão também a doceria Senzala, com as queijadinhas mais concorridas da região.

Onde Ficar?

Hotel Fazenda Capoava

Instalada entre jardins, em um ambiente natural a 25 quilômetros do centro de Itu e da estação rodoviária, a Fazenda Capoava tem piscina ao ar livre e saunas. Sessões de massagem, trilhas a pé e equitação podem ser organizadas. Para sua comodidade, a fazenda dispõe de Wi-Fi gratuito. Os chalés oferecem lareira, ar-condicionado, sala de estar com TV a cabo e frigobar. Todos incluem um banheiro privativo com chuveiro. A Fazenda Capoava fica a 40 quilômetros do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP). O estacionamento privativo é gratuito no local. Um buffet de café da manhã é servido diariamente e inclui uma grande variedade de pães, bolos e frios. Informações, clique aqui.

Hotel São João Itu

Situado em Itu, o Hotel São João oferece quartos com ar-condicionado e Wi-Fi gratuito. Todos os quartos do hotel incluem banheiro privativo. Um buffet de café da manhã é servido diariamente no hotel. A equipe da propriedade está disponível para fornecer informações na recepção 24 horas. Sorocaba fica a 36 quilômetros do hotel, enquanto Jundiaí está a 50 km da propriedade. O aeroporto mais próximo é o Aeroporto Internacional de Viracopos, a 43 km do hotel. Informações: (11) 4024-0655.

Como chegar?

Saindo de São Paulo, acesse a Rodovia Castello Branco (SP-280) e siga até a saída no km 78, adentre à Rodovia Archimedes Lammoglia (SP-075) e vá até a saída 30-A, acesso a Itu.

Pedágios

A viagem de São Paulo a Itu tem dois pedágios, nos quais pagam-se os mesmos valores, tanto na ida como na volta. Eles ficam no km 20 da Castello Branco (SP-280), em Barueri, com valor R$ 4,40, para veículos de passeio; e no km 74, da mesma via, em Itu, com tarifa a R$ 11,80, também para os veículos de passeio.

Santos (SP)

A cidade é do veranista, do aventureiro, do desbravador, do cruzeirista. Santos tem praia, história, cultura e aventura. Localizada a 77 quilômetros de São Paulo, a cidade recebe milhões de turistas todos os anos. Com sete quilômetros de praias e 13 quilômetros de cais, Santos tem também um Centro Histórico com o famoso bondinho que imita o extinto e popular meio de transporte do século XX, e que virou marca da cidade.

O Centro oferece dezenas de pontos turísticos como o Palácio José Bonifácio, onde funciona a Prefeitura, a Bolsa Oficial do Café, o Santuário do Valongo, a Catedral, Monte Serrat, a Estação Ferroviária do Valongo e o Museu Pelé, além do Engenho dos Erasmos, o primeiro engenho de açúcar do Brasil, na Zona Noroeste.

O Aquário Municipal, o Orquidário (na região da Orla) e o Jardim Botânico (na Zona Noroeste) guardam pedaços preciosos da natureza e biodiversidade. Já o Memorial das Conquistas, na Vila Belmiro, guarda a história de um time que fez a cidade se tornar conhecida mundialmente. Santos é a capital dos cruzeiros marítimos, sendo o Terminal de Passageiros Giusfredo Santini o mais movimentado do país. Enfim, há muito mais para ser e aproveitar na agradável Santos. Informações, clique aqui.

Onde ficar?

Monte Serrat Hotel

O Monte Serrat Hotel tem localização privilegiada, no núcleo empresarial de Santos, com fácil acesso ao Porto, a São Paulo, aos locais de eventos e pontos turísticos. Além disso, está próximo a teatros, ao Museu Pelé, além de estar dentro do contexto do Centro Histórico (construções antigas, passeio de bonde, Monte Serrat etc.).

O hotel possui apartamentos com itens de conforto e amplos. Há opções no padrão standard e superior. Informações, clique aqui.

Casarão Hotel Santos

O Hotel Casarão, atua no mercado desde 1989, com muita satisfação de bem atender, oferecendo conforto e bem-estar. Venha a Santos e hospeda-se no Casarão a 100 mts da praia e sinta-se em casa, pois oferecemos a você e a sua família ou até mesmo a sua empresa, o carinho e o cuidado que você merece. A refeição mais importante do dia aqui é levada a sério. Queremos que você desperte seu corpo com uma refeição saudável e completa com uma grande variedade de sucos; frios e queijos; café, e leite; pães, biscoitos e bolos frescos produzidos artesanalmente em nossa cozinha. Informações, clique aqui.

Como chegar?

Saindo de São Paulo, acesse a Rodovia dos Imigrantes (SP-160) e siga até o km 61, saída para a Interligação Casqueiro (Imigrantes/Anchieta) e adentre a Via Anchieta (SP-150) até Santos.

Pedágios

A viagem de São Paulo a Santos tem somente um pedágio, tanto na Via Anchieta (SP-150) como na Rodovia dos Imigrantes (SP-160), com pagamento somente na ida. No caso da Imigrantes, a praça fica no Km 32, em Piratininga, e o valor é de R$ 27,40, para veículo de passeio. Caso opte pela Via Anchieta, o valor da tarifa cobrado no Km 31, Riacho Grande, é o mesmo: R$ 27,40.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui