CRV: O Detran de São Paulo iniciou na quarta-feira (1º/7) uma ação em todo o Estado para a entrega do Certificado de Registro de Veículos (CRV), documento utilizado na transferência, por meio do drive-thru. Foto: Divulgação

Serviço tem como objetivo evitar aglomeração; ação disponibilizará cerca de 200 mil CRVs por meio de agendamento

O Detran de São Paulo iniciou na quarta-feira (1º/7) uma ação em todo o Estado para a entrega do Certificado de Registro de Veículos (CRV), documento utilizado na transferência, por meio do drive-thru.

De acordo com o Órgão, por conta da suspensão temporária do atendimento presencial nas unidades, cerca de 320 mil documentos emitidos aguardam para ser retirados.

Ainda de acordo com o Detran, esse sistema é para evitar aglomeração, e com agendamento marcado, serão atendidos nesta primeira etapa apenas as solicitações de retirada para despachantes. O processo é aderente ao Plano São Paulo. Todas as cidades que estão na fase laranja e amarela serão contempladas.

200 mil CRVs retidos

Com quase 200 mil documentos, esses profissionais possuem hoje cerca 70% do total retido nas unidades do Detran de São Paulo, Ciretran e Poupatempo. Por se tratar de um volume menor e com necessidade de atendimento individualizado, a entrega para pessoas físicas será feita posteriormente.

Para Ernesto Mascellani Neto, novo diretor-presidente do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP), o Governo do Estado trabalha para manter os serviços essenciais mesmo diante da pandemia do coronavírus, através de medidas inovadoras e seguindo protocolos de segurança, para continuar atendendo cada vez mais e melhor a população.

“A utilização do sistema drive-thru é um grande passo para a retomada das atividades presenciais. As emissões desses documentos de compra e venda, desde que as unidades foram fechadas, então sendo retidos, não impedindo a circulação do veículo. A medida, reforça a preocupação do Governo, que mesmo com a suspensão temporária de atendimento presencial nas unidades do Detran e Poupatempo, não mediu esforços para manter serviços públicos de qualidade e eficiência”, destaca Neto.

Agendamento

O processo de agendamento pelos despachantes deve ser feito por meio do Sistema de Gerenciamento dos Serviços de Cadastro de Registro de Veículos (e-CRVsp), que permite a realização de uma série de serviços. Com navegação intuitiva, basta escolher data e horário e comparecer ao local escolhido com o malote e a documentação requerida.

Todos os protocolos sanitários e de distanciamento social serão cumpridos pelos funcionários do Órgão. Por isso, não é necessário descer do veículo para ser atendido. O agendamento para entrega e retirada dos documentos será feito de acordo com o horário de atendimento de cada local. Após o recebimento dos malotes, a documentação será avaliada e realizado o contato com os despachantes para a retirada.

Importante te destacar também que com o uso da tecnologia, o Detran ampliou para 60 o número de serviços digitais que podem ser feitos sem sair de casa, pelo portal. E, na semana passada, de forma segura e consciente, autorizou a retomada gradual das atividades dos centros de Formação de Condutores (CFCs), aulas teóricas (remotas) e práticas. A medida beneficiou mais de 50 mil alunos que já haviam iniciado o processo de primeira habilitação e reciclagem.

Fonte: Governo de São Paulo

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui