Se não houver empresas interessadas na contratação dos serviços na BR 290, o processo será refeito

Os envelopes das propostas ao edital do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) para a contratação dos serviços de manutenção e limpeza da BR 290 – trecho Osório até ponte sobre Guaíba – serão abertos na manhã desta terça-feira.  O edital foi lançado no final de julho e seu orçamento é de R$ 124 milhões de investimentos em dois anos de vigência. A vencedora começará os trabalhos até o final deste mês. Se não houver empresas interessadas o processo será refeito. Conforme o superintendente do DNIT/RS, Allan Magalhães Machado, desde 4 de julho – quando se encerrou o contrato da concessionária Concepa – a manutenção, cobrança de pedágio e limpeza deixaram de ser feitos. O DNIT acertou apenas os serviços de içamento do vão móvel da ponte do Guaíba e de segurança das três praças de pedágio. A contratação de empresa para a manutenção e limpeza em nada interfere nas negociações entre DNIT, secretaria estadual dos Transportes e ministério dos Transportes, sobre a transferênncia da gestão à Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR). Segundo Magalhães, se as partes chegarem a um acordo, e a EGR assumir o trecho, cessa o contrato da empresa vencedora do edital. Até esta segunda-feira não havia sido marcada agenda de negociações, nesta semana, entre o Governo do Estado e o ministério dos Transportes para definir a gestão do trecho rodoviário. A responsabilidade da freeway continua com o DNIT. A secretaria estadual dos Transportes informou que aguarda a conclusão do levantamento dos dados técnicos sobre os valores de pedágio que contemplem a manutenção dos serviços na estrada, com qualidade. Esse estudo é realizado pela secretaria e a EGR.

Fonte: www.noticias.r7.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui