RETOMADA: DNIT retomou, nessa semana, as obras de pavimentação asfáltica de cerca de 50 km da BR-163, no trecho entre Novo Progresso e Moares de Almeida. Foto: Divulgação

Condições climáticas são favoráveis à pavimentação da estrada, que é o segundo principal corredor logístico do país; obras devem ser concluídas neste ano

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) retomou, nessa semana, as obras de pavimentação da BR-163, trecho entre Novo Progresso e Moraes de Almeida, no Pará.

De acordo com o cronograma, o asfaltamento de cerca de 50 quilômetros até Miritituba (PA), devem ser concluídos ainda em 2019. Nos últimos dias, equipes técnicas aproveitam janelas climáticas favoráveis para reiniciar os trabalhos de pavimentação da rodovia, considerada o segundo principal corredor logístico do país.

Segundo o diretor-geral, general Antônio Santos Filho, o DNIT vai entregar à sociedade brasileira essa importante obra, o que certamente dará um dinamismo especial para a logística brasileira, ainda nesse ano.

Ainda de acordo com Santos Filho, a importância para a agricultura e para o comércio deve extrapolar os limites nacionais, atingindo repercussões internacionais pelo grande volume de grãos que serão exportados a partir de 2.020. “Isso vai gerar novos empregos, melhores condições de trabalho para nossos caminhoneiros e vai alavancar a economia do nosso país”, destacou Santos Filho.

Logística da obra

As obras estão sob a responsabilidade do Exército Brasileiro e de empresa contratada pelo DNIT. Em função das características do clima e do solo da região, a autarquia fez um planejamento de toda a logística necessária para assegurar o avanço das obras a partir de maio. Essa preparação incluiu produção e estoque de material para a execução dos serviços de engenharia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui