Como continuidade às obras de reformulação da entrada de Santos, a Ecovias, concessionária que administra o Sistema Anchieta-Imigrantes, fará dois desvios no tráfego a partir do dia 3 de dezembro para a construção do viaduto Anchieta, no km 65. As obras estão estabelecidas em contrato com o Governo do Estado de São Paulo, sob fiscalização da Artesp (Agência Reguladora de Transportes do Estado de São Paulo).

Serão necessárias alterações no viário a partir do km 63 da via Anchieta, sentido Litoral, no chamado Trevo do Bigode, onde ônibus e demais usuários com destino a Santos serão encaminhados à pista expressa. A via marginal neste sentido estará liberada apenas para o tráfego local e acesso alternativo ao Porto Alemoa. Os pontos de ônibus existentes na pista marginal sul, a partir do km 63, no sentido Litoral, serão transferidos para a via expressa. Aqueles no sentido Cubatão não sofrerão alterações.

Já na altura do km 65, o tráfego será encaminhado à via local, que foi devidamente ampliada e adequada para receber a demanda de veículos. Os usuários que estiverem na avenida Bandeirantes (SP-148), sentido Santos, não terão alteração no trajeto.

No dia 5 de dezembro, às 22 horas, a concessionária realizará o bloqueio total da pista marginal sul da via Anchieta, na altura do km 62+500, para remoção de uma viga da passarela sobre a via, sem comprometimento do equipamento, uma vez que este segmento já se encontra interditado. A interdição vai ocorrer até as 4 horas do dia 6 de dezembro. Além disso, os serviços de execução da nova passarela, em substituição à existente no local, serão continuados.

A rua Augusto Scaraboto, localizada ao lado do viaduto Alemoa, continuará parcialmente bloqueada para a execução dos trabalhos de fundação de uma alça do viaduto Alemoa, que futuramente dará acesso à pista norte da rodovia.

Ainda durante o mês de dezembro, a Ecovias dará continuidade à implantação de uma galeria de concreto e de um canal de drenagem, ambos localizados sob a alça de acesso ao viaduto Alemoa na altura do km 64+500 da via Anchieta, sentido Litoral.

Os trabalhos de remanejamento dos postes de energia elétrica da CPFL seguirão durante o mês. As tratativas com a Comgás e com a SABESP também continuam para a realização das ações nas redes sob suas alçadas.

Com investimentos de R$ 270 milhões, a entrada de Santos está sendo totalmente remodelada entre o km 59 e km 65 da rodovia Anchieta, para que o tráfego de entrada e saída da cidade ocorra apenas pelas pistas centrais, enquanto fluxo do porto se dê pelas pistas laterais. Para isso, a via marginal da Anchieta, que atualmente opera em mão dupla, será adaptada para funcionar apenas no sentido do Litoral, enquanto a SP-148, sob jurisdição do DER, será adequada para operar apenas na direção da capital.

As obras preveem ainda a construção de três viadutos, nos km 62, km 64+560 e km 65, a implantação de vias locais para facilitar o acesso aos bairros Jardim Piratininga, Jardim São Manoel e São Jorge, uma ciclovia do km 60 ao km 65 da rodovia, ligando Jardim Casqueiro e Vila dos Pescadores, em Cubatão, à malha cicloviária de Santos e a implantação de duas novas passarelas nos km 62+500 e km 64+350, em substituição às existentes nestes locais.

A nova configuração elimina os conflitos viários existentes atualmente, melhora o acesso da via Anchieta aos bairros do entorno e à zona portuária, aumenta a capacidade de tráfego na região e oferece mais segurança viária aos usuários da rodovia.

Fonte:  www.ecovias.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui