Recall mundial envolve três marcas: Ford, Lincoln e Mercury. Foto: Ford

Desta vez, proprietários são chamados para a troca de air bags defeituosos da Takata

Mais uma chamada em âmbito mundial. O recall da Ford se deve pelo fato dos air bags da Takata apresentarem defeitos. Desta vez, a convocação se estende aos modelos da marca Lincoln e da Mercury, que pertencem ao grupo norte-americano.

São quase um milhão de carros envolvendo as três marcas. A maioria foi vendida na América do Norte, mas há informações de vendas em outros países.

A Ford informou que o componente com defeito, ao ser deflagrado, pode expelir partículas metálicas. Isso já causou ferimentos em diversos ocupantes de modelos equipados com os air bags da Takata em todo o mundo.

Aqui no Brasil, a maioria das maiores montadoras fez recall para esses air bags, da Takata. Em alguns casos, há registro de pessoas feridas em acidentes com as bolsas.

Chamada mundial

O recall mundial da Ford serve para sete modelos, sendo quatro, da própria marca: Edge, Ranger, Fusion e Mustang.

Não há risco de a Ranger vendida no Brasil estar envolvida no recall mundial. A vendida aqui é produzida na Argentina. Já a picape convocada é feita nos EUA.

O Mustang teve recall dos exemplares feitos de 2010 a 2014. O modelo só foi lançado no Brasil no ano ano passado. Portanto, as unidades que circulam aqui e foram importadas pela Ford também não estão envolvidas no recall mundial.

O Edge envolvido no recall mundial é de 2010. Aqui, o modelo começou a ser vendido no final daquele ano, mas já como parte da linha 2011. O Fusion, por sua vez,  é o feito no México, e também vendido no Brasil.

No caso do sedã, as unidades convocadas foram feitas de 2010 a 2012. Ainda não há informações sobre exemplares emplacados no País envolvidos no recall.

Além dos quatro Ford, o chamado é para os Lincoln MKX e MKZ e o Mercury Milan. Ao todo, 953 mil unidades estão convocadas. Do total, 932 mil foram vendidas nos Estados Unidos e no Canadá.

Fonte: Estradas e Ford

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui