MELHORIAS: Entre pavimentação e revitalização de rodovias, são mais de 250 quilômetros entregues, em execução ou com edital publicado para início das obras e três pontes de concreto, além de entrega de maquinário para manutenção de estradas de terra. Fotos: Divulgação/Sinfra

Mais de 250 km de estradas restauradas ou pavimentadas concluídas, em andamento ou a serem iniciados

Um dos principais destinos turísticos mato-grossense, Chapada dos Guimarães, distante 65 quilômetros da capital Cuiabá, recebeu investimentos superiores a R$ 100 milhões em obras rodoviárias em benefício do município, atualmente com 19.453 habitantes.

Entre pavimentação e revitalização de rodovias, são mais de 250 quilômetros entregues, em execução ou com edital publicado para início das obras e três pontes de concreto, além de entrega de maquinário para manutenção de estradas de terra.

Na atual gestão, foi concluída a revitalização de 61 quilômetros da MT-251, no trecho entre Chapada dos Guimarães e entroncamento da MT-140, em Gardes, e a pavimentação de 23 quilômetros da MT-020 entre entroncamento da MT-251 e Água Fria/Lago do Manso. Os investimentos foram, respectivamente, de R$ 11,441 milhões e R$ 18,145 milhões.

Quatro outras obras estão em andamento, entre restauração e pavimentação. No primeiro caso, estão 44 quilômetros da MT-251, entre Trevo do Manso e Chapada dos Guimarães, cujos investimentos somam R$ 27,147 milhões, e 78,2 km da MT-351, entre entroncamento da MT-251 (trevo do Manso) e Lago do Manso.

No segundo, um trecho de 28 quilômetros da MT-140, entre o município ao entroncamento Campo Verde/Nova Brasilândia, com investimentos de R$ 26,96 milhões.

Seis projetos beneficiando Chapada dos Guimarães estão em elaboração na Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT) – três de pavimentação e três de construção de pontes de concreto.

São 22,54 quilômetros da MT-246, entre Água Fria e divisa de Chapada dos Guimarães com Cuiabá; 7,63 quilômetros, entre o condomínio Paraíso e divisa Chapada dos Guimarães/Rosário Oeste; e 6,82 quilômetros da MT-241, entre as divisas de Nova Brasilândia/Chapada dos Guimarães e Chapada dos Guimarães/Rosário Oeste.

INVESTIMENTOS: De acordo com a Sinfra, dois trechos recebem investimentos: o primeiro de R$ 27,1 milhões, com 44 quilômetros; e o segundo de R$ 26,9 milhões, com 28 quilômetros.

Entre as pontes de concreto a serem construídas, duas serão sobre o Rio da Casca, com 24 metros de extensão cada, e uma sobre o Rio Manso, com 118 metros de comprimento.

Para auxiliar na manutenção de rodovias não pavimentadas, a Prefeitura de Chapada dos Guimarães recebeu do Governo do Estado uma motoniveladora, complementando o maquinário municipal.

Fonte: Ascom da Sinfra

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui