MAIS PEDÁGIOS: Concessão da BR-381, entre BH e Governador Valares, em Minas, terá mais cinco praças de pedágio. Leilão deve ocorrer ainda neste ano, prevê a ANTT. Na foto de Aderlei de Souza, trecho da rodovia próximo à cidade de João Monlevade (MG).

De acordo com o projeto apresentado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), na tarde dessa quinta-feira (4), em Brasília (DF), trecho terá cinco praças, com tarifas de até R$ 13,80

Está em andamento mais uma concessão de rodovias no País. Trata-se do trecho de 304 quilômetros da BR-381, entre Belo Horizonte (MG), no cruzamento com a BR-262, sentido Sabará (MG), até o entroncamento com a BR-116, em Governador Valadares (MG), que deve ser leiloado até o fim deste ano.

Segundo a ANTT, o projeto foi apresentado em audiência pública realizada na tarde dessa terça-feira (3), no edifício-sede da Agência, em Brasília (DF), e deve ser entregue ao Tribunal de Contas da União (TCU) até setembro.

Conforme consta no edital, o trecho a ser concedido terá cinco praças de pedágio novas. Os investimentos são da ordem de R$ 5,5 bilhões e outros R$ 5 bilhões previstos em recursos operacionais num prazo de 30 anos.

A sessão pública contou com 21 manifestações orais e mais de 150 participantes de forma remota – entre eles, lideranças locais. No trecho a ser concedido circulam produtos agrícolas, pecuários, de mineração e industriais.

Pedágio

De acordo com o edital, a nova concessão da BR-381 terá cinco praças de pedágio instaladas, com tarifas nos valores entre R$ 10,79 e R$ 13,80. Os locais previstos são:

  • Caeté (R$ 13,80)
  • João Monlevade (R$ 11,52)
  • Jaguaraçu (R$ 13,40)
  • Belo Oriente (R$ 10,79)
  • Governador Valadares (R$ 11,24)

Descontos

Assim como em outras concessões federais, á previsão de descontos para que trafega com frequência em determinados trechos. é o chamado desconto progressivo na tarifa.

Sinalização

De acordo com a ANTT, estão previstas as obras de:

  • recomposição da sinalização vertical e horizontal
  • 132 km de duplicações
  • 56 km de faixas adicionais em pista dupla
  • 44 km em pista simples
  • 11 km de vias marginais
  • 23 travessias de pedestres
  • correções de traçado, entre outras benfeitorias

Ainda de acordo com a Agência, de Belo Horizonte até a rodovia MG-434, saída para Itabira (MG), a BR-381 terá três faixas por sentido. Além dos aspectos estruturais, a nova concessão prevê mais segurança aos usuários. Nesse sentido, levantamento da agência aponta que por meio das concessões, entre 2015 e 2019, houve duas importantes reduções: 20% nos acidentes (sinistros) graves e 25% no número de mortos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui