A pista cedeu em mais um trecho da BR-101, onde uma cratera abriu na última sexta-feira (1). A previsão é que se chover forte, novos deslizamentos podem acontecer. Técnicos vistoriaram o local onde uma cratera se formou na BR-101, no trecho que liga Campos ao Espírito Santo. Eles registraram em fotografias o buraco de 20 metros de diâmetro. Há cinco dias, as manilhas de escoamento da chuva se romperam, provocando a erosão.

A equipe técnica vai fazer um levantamento topográfico para avaliar as condições da pista no trecho. O estudo vai servir de base para elaboração do projeto de obras de recuperação da estrada.

O outro lado da pista também cedeu. Quem passa pelo trecho se sente inseguro. Na terça-feira (5), o Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transporte (Denit) decretou o estado de emergência no km 20. A medida serviu para acelerar o início das obras no local, previsto para esta semana. Em novembro de 2005, por causa das más condições da estrada, a Secretaria de Defesa Civil do Rio também decretou estado de emergência nos 320km da rodovia entre a Ponte Rio-Niterói e a divisa do estado. O principal motivo foi a queda da ponte em Silva Jardim.