CAPOTAMENTO: Faleceu na noite desse domingo (16) a segunda vítima do acidente na Via Anhanguera, ocorrido no domingo (16), à tarde, em Ribeirão Perto (SP). Juliana Maria Souza, de 48 anos, ficou gravemente ferida no sinistro e não resistiu aos ferimentos. O noivo dela morreu no local. Foto: José Augusto Júnior/EPTV

Mulher de 48 anos, identificada como Juliana Maria Souza, não resistiu aos ferimentos e faleceu nessa segunda-feira (17). Marido, de 43 anos, havia morrido no dia do capotamento, de acordo com a Polícia Civil (PC)

Faleceu na noite desse domingo (16) a segunda vítima do acidente (sinistro) na Via Anhanguera (SP-330) ocorrido no domingo (16), à tarde, em Ribeirão Perto (SP). Juliana Maria Souza, de 48 anos, ficou gravemente ferida no sinistro e havia sido encaminhada para a Unidade de Emergência do Hospital das Clínicas (HC-UE).

De acordo com a Polícia Civil (PC), o noivo de Juliana, Paulo Sérgio Carneval, de 43 anos, conduzia o Fiat Palio, que capotou no km 317, pista Sul. Ele ficou preso nas ferragens e morreu no local.

Segundo informações da concessionária Via Paulista, responsável pelo trecho da via, o veículo chocou contra uma barreira de concreto e capotou. Com o impacto, Juliana foi arremessada para fora e ficou ferida gravemente. A perícia da Polícia Civil vai investigar as causas do sinistro.

TRISTEZA: Paulo Sérgio Carneval, 43, e Juliana Maria de Souza, 48, morreram por conta de capotamento na Via Anhanguera (SP-330), nesse domingo (16), em Ribeirão. Foto: Reprodução/Redes Sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui