SE DEU MAL: Um motociclista se dá mal ao tentar passar pelo pedágio na BR-369, em Corbélia, no Paraná, sem pagar a tarifa. Foto: Divulgação

Após ser atingido pela cancela do pedágio de Corbélia, homem se levantou e ainda rodou alguns quilômetros, até parar e pedir ajuda

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) atendeu a um acidente com um motociclista no sábado (16), em Corbélia, região oeste do Paraná. Durante o atendimento ao acidente, o motociclista envolvido disse aos policiais e à equipe médica que se acidentou quando atropelou um cachorro, na BR-369.

Mas, imagens de videomonitoramento da concessionária que administra o trecho mostraram o contrário. Ele seguia atrás de um caminhão Volvo pela pista de pagamento automático e, tentou se aproveitar da cancela aberta.

Ainda de acordo com as imagens, no exato momento em que a cancela abaixa, ele passa com a motocicleta e é atingido. Com a batida, ele perdeu o controle e caiu. Alguns minutos depois, saiu com a motocicleta.

De acordo com a PRF, cerca de oito quilômetros à frente do pedágio, o motociclista sentiu dores e, por conta disso, parou em um posto de combustíveis e acionou o resgate da concessionária. À equipe médica e aos policiais, ele insistia na versão de que atropelara um cachorro, mas as imagens comprovaram o contrário.

Após o atendimento, ele foi convidado a realizar o teste do bafômetro, mas se recusou. Diante dos fatos, ele foi autuado por se recusar a se submeter ao bafômetro, com multa no valor de R$ 2.934,70; além de ter a CNH suspensa. Ainda, pela evasão do pedágio, o condutor foi autuado com multa no valor de R$ 195,23.

Segundo a PRF, no total, o motociclista recebeu multas nos valores de R$ 3.129,93, e considerando o valor do pedágio, de R$ 8,20, ele conseguiria fazer a travessia mais de 300 vezes, sem contar o valor do conserto da motocicleta, que foi entregue a um familiar.

O motociclista foi conduzido para a UPA em Corbélia, com várias escoriações e um corte que necessitou de sutura, mas não corria risco.

Assista o vídeo aqui.

Fonte: PRF

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui