Um Ford Fusion do condutor embriagado atingiu a traseira da moto do jovem motoqueiro

Pelo menos 0,35 miligramas de álcool por litro de ar expelido por um motorista pode ter provocado um acidente que provocou a morte de um motociclista de 27 anos por volta de 5 horas deste sábado (3/10), na BR-364, entre São Simão e Cachoeira Alta, Região Sul de Goiás. A vítima trabalhava em um laticínio da região e não tinha Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

O condutor do carro que atingiu o motociclista na traseira e o lançou a mais de 50 metros distante de sua moto, passou pelo teste do bafômetro sem qualquer resistência.

Um carro de luxo, o Ford Fusion do condutor embriagado, atingiu a traseira da moto do jovem motoqueiro. Para a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o condutor do carro, um ano mais velho que a vítima, informou que não viu o motoqueiro. Ainda conforme ele, após a colisão, sentiu a força do impacto do airbarg do carro.

Ele desceu, como contou para a PRF, do Fusion e viu a vítima caída no chão. Ele foi levado pelos policiais da PRF para a delegacia de São Simão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui