Foi autorizado hoje pela ANTT o início da operação da nova praça de pedágio da CONCER, que opera o trecho Rio-Juiz de Fora na BR-040.A praça antiga do km 104 será desativada e a nova irá operar no km 102, ambas em Duque de Caxias , no Estado do Rio de Janeiro.Seguem mais informações sobre o caso, fornecidas pela concessionária.Não há nenhuma alteração no valor do pedágio.

CONCER INICIA OPERAÇÃO DE NOVA PRAÇA DE PEDÁGIO DA BR-040 EM CAXIAS NO DIA 18/07

A Concer colocará em operação a partir de zero hora do dia 18 de julho, sexta-feira, a nova praça de pedágio da BR-040 em Duque de Caxias, no km 102 da rodovia. O novo pedágio fica situado a dois quilômetros da praça antiga (km 104), que será desativada e permanecerá devidamente sinalizada, com vias abertas e destinadas à passagem do tráfego. No mapa em anexo (também disponível em www.novaserraconcer.com.br), a Concer apresenta como funcionará o fluxo de tráfego entre Rio de Janeiro e Juiz de Fora com o início de operação da nova praça de pedágio.
Para quem segue do Rio de Janeiro a Petrópolis, a principal alteração com a operação da nova praça é o ponto de acesso à subida da serra, que se dará pelo km 101, através do antigo retorno do trecho, adaptado para receber o fluxo de tráfego em direção a Minas Gerais.

A praça de pedágio do km 102 integra o Projeto da Nova Subida da Serra da BR-040, empreendimento que a Concer executa na rodovia para a construção de uma pista com 20 quilômetros de extensão que irá substituir a atual subida da Rio-Petrópolis, em operação desde 1928. As obras em trechos de Duque de Caxias e Petrópolis estão em andamento há um ano e incluem a duplicação de 15 quilômetros da atual descida da serra (pista mais moderna, construída na década de 50) e a abertura de um túnel de 5 quilômetros em plena região de serra.

Com 19 vãos e 15 vias de pagamento, o novo pedágio do km 102 também dará maior velocidade ao fluxo de tráfego passante, reduzindo o tempo de permanência dos veículos na praça. Um moderno sistema com painéis e semáforos de LED facilitará a comunicação com os usuários sobre o funcionamento das cabines. Na cobertura da praça, painéis de captação de energia solar fornecerão energia elétrica para toda estrutura. Uma galeria subterrânea será utilizada para o deslocamento seguro das equipes de arrecadadores e à passagem de toda a rede de cabeamento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui