A rodovia BR 277, em Guarapuava, será interditada na segunda-feira (12), a partir das 12h, para uma detonação de rocha. A operação acontecerá no quilômetro 336 da rodovia, no rio das Mortes. Os usuários ficarão retidos a um quilômetro do local da explosão. Em caso de forte chuva, a detonação será adiada. O serviço faz parte das obras de duplicação da rodovia, entre Guarapuava e o distrito de Relógio. 

Duplicacao

Para a segurança dos usuários que trafegam pelo trecho, será necessário bloqueio completo da rodovia por cerca de 90 minutos. A Polícia Rodoviária Federal dará apoio no local. A operação contará também com o auxílio das equipes do Serviço de Assistência do Usuário e da concessionária Caminhos do Paraná.

OBRAS – A detonação da rocha faz parte da duplicação de 6,7 quilômetros da rodovia, entre Guarapuava e Relógio (quilômetro 335 ao 342), nos Campos Gerais. Além de novas pistas na rodovia, estão em construção um viaduto (quilômetro 341) e uma ponte sobre o rio das Mortes (quilômetro 336). O investimento chega a R$ 30 milhões e faz parte das negociações do Governo do Paraná com a concessionária Caminhos do Paraná.

Por causa do grande movimento de veículos, o Governo do Paraná pretende que, com as novas obras, o número de acidentes no local diminua. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o número de acidentes no trecho quase dobrou de 2012 para 2013.

DESVIO – Um desvio está implantado entre os kms 342,6 e 341,3 da BR 277, devido às obras de duplicação da rodovia. Os usuários que trafegam no sentido Guarapuava – Curitiba devem ficar atentos à sinalização do local, por questão de segurança. Além da sinalização, foram instaladas duas lombadas no local, para reduzir a velocidade dos veículos. Atualmente, o tráfego está sendo feito pela via marginal.

MAIS OBRAS – A duplicação da BR 277, entre Guarapuava e Relógio, faz parte de uma série de obras que estão sendo feitas em trechos estratégicos do Anel de Integração. As obras são frutos da negociação entre o Governo do Paraná e as concessionárias. Atualmente, estão em andamento obras de duplicação em nove trechos espalhados pelo Estado, somando 118,2 quilômetros de implantação de pistas duplas. O investimento total chega a R$ 1,5 bilhão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui