A Agência Nacional  de Transportes Terrestres (ANTT) autorizou o início da cobrança de pedágio na BR-101/ES/BA, no trecho do entroncamento BA-698 (acesso a Mucuri) – Divisa ES/RJ, explorado pela ECO 101 Concessionária de Rodovias. A decisão está no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira, 8. A Tarifa Básica de Pedágio (TBP) que será cobrada já terá um aumento de 34,67%, conforme revisão tarifária também aprovada pela mesma decisão.

A Eco101 administra o trecho de 475,9 quilômetros da BR-101, sendo 17,5 quilômetros no estado da Bahia e 458,4 quilômetros no estado do Espírito Santo, onde a rodovia passa por 25 municípios, desde o trevo de acesso a Mucuri no Sul da Bahia até a divisa com o Rio de Janeiro.

As novas tarifas só poderão ser aplicadas a partir do dia 18 de maio. Elas abrangem praças de pedágio no Estado do Espírito Santo: P1, em Pedro Canário; P2, em São Mateus; P3, em Aracruz; P4, em Serra; P5, em Guarapari; P6, em Itapemirim; e P7, em Mimoso do Sul. O pedágio para automóvel, caminhonete e furgão em Pedro Canário, por exemplo, será de R$ 2,80; Já em São Mateus, os mesmos veículos serão taxados em R$ 3,80.

 

Mais detalhes clicando em: http://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?data=08/05/2014&jornal=1&pagina=73&totalArquivos=84 e veja também a página 74 do Diário Oficial com as demais praças do trecho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui