VAI AUMENTAR: A partir de zero hora deste domingo (26), os pedágios de Jaú, Boa Esperança do Sul e Coronel Macedo, ambos na SP-255, terão reajuste nos valores das tarifas. Foto: Divulgação

ARTESP publicou hoje no Diário Oficial, o reajuste nos valores de 10 praças de pedágio administradas pela Via Paulista horas antes de entrar em vigor. Mas os novos valores não começam a ser cobrados à zero hora deste domingo (26), apesar do Diário Oficial de hoje levar a essa conclusão. O Estradas.com.br considera a postura de aumentar pedágio e não informar a tempo os usuários uma tentativa de evitar que a imprensa e a sociedade identifique a procedência ou não dos aumentos.

Os pedágios administrados pela concessionária ViaPaulista , no interior paulista, irão sofrer reajuste no valor das tarifas, a partir de zero hora deste domingo (26). A decisão do aumento foi publicada neste sábado (25), no diário Oficial do Estado (DOE).

De acordo com a concessionária, “a recomposição dos valores das tarifas em 5,69% ocorre como compensação econômico-financeira decorrente da suspensão da cobrança sobre o eixo suspenso de caminhões, que passou a vigorar em 30 de maio de 2018, e foi autorizada pela Secretaria de Logística e Transporte do Estado de São Paulo”. Apesar desse argumento, não há nenhum documento disponível no site da Artesp explicando como se chegou a esse cálculo.

O Diário Oficial de São Paulo de hoje foi publicado informando que: “Autoriza a revisão do valor da Base Tarifária Quilométrica da Concessionária ViaPaulista S/A (ViaPaulista) – Contrato de Concessão Artesp 0359/Artesp /2017 em 5,69%, fazendo vigorar a nova tabela de tarifas anexa a partir das 00h de 26-05-2019, com vistas a mitigar parte do desequilíbrio econômico-financeiro decorrente da Resolução SLT 04/2018. Eventuais desequilíbrios remanescentes serão calculados e reequilibrados conforme regramento contratual após apuração periódica do desequilíbrio efetivamente verificado e compensando-se os efeitos das medidas ora autorizadas.”

Logo abaixo dessa informação do Diário Oficial foram relacionadas alterações em dez praças de pedágio, conforme podem ver no anexo

Entretanto, nossa equipe apurou, com a assessoria de imprensa da concessionária ViaPaulista , que ela somente pode aplicar o reajuste de três praças: Boa Esperança do Sul, Jaú e Coronel Macedo.

As praças de Botucatu e Itaí ainda não estão autorizadas a operar. Os valores, que já foram reajustados, somente entram em vigor quando a operação começar. A estimativa da concessionária é de que seja no início de junho.

Por fim, as outras cinco praças de pedágio (Santa Rita do Passa Quatro, Guatapará, São Simão, Batatais e Restinga), relacionadas no Diário Oficial do Estado (DOU) deste sábado, são administradas pela Autovias, mas NÃO TERÃO REAJUSTE, neste domingo, conforme informou atendente do 0800 da empresa. No momento, mantem-se os valores anteriores.

Complementando, essas cinco praças citadas serão transferidas para a Via Paulista em 1º de julho de 2019, pois o contrato com a Autovias termina em 30 de junho. Os valores na tabela foram colocados provisoriamente com data de entrada em vigor dia 01 de julho.

Como a assessoria de imprensa da Artesp NÃO TRABALHA no fim de semana, mas a publicação foi feita hoje no Diário Oficial e induz ao erro, somente teremos a confirmação oficial na segunda-feira.

A tendência é ser confirmado o que apuramos extra oficialmente, com a assessoria da concessionária Via Paulista e com a atendente da Autovias.

Na avaliação do Estradas.com.br os aumentos publicados com menos de 1 semana de antecedência, como é praxe com concessionárias estaduais e federais, tem como objetivo evitar que haja tempo para uma análise dos valores. “Não existe transparência nos valores cobrados. A prova está em alterações como essa, em 10 praças de pedágios, e o usuário sequer tem 24h de tempo para tomar conhecimento.”, afirma o editor do Estradas.com.br , Rodolfo Rizzotto. O portal defende que os aumentos devem ser anunciados com pelo menos 5 dias úteis de antecipação. Afinal, são cálculos complexos e feitos com muita antecedência. “Isso não é feira em que o caminhão que ficou preso na estrada de terra não chega com a verdura e o preço aumenta”, acrescenta Rizzotto.

ARTESP altera valor de 10 praças de pedágio paulistas
São 10 praças de pedágio afetadas no trecho paulista administrado pela concessionária, sendo que as três em negrito já operam com a nova tarifa nesta domingo(26).  Seguem as praças e o valor da tarifa básica manual. Há um desconto para quem tem sistema automático de pagamento.
1) Boa Esperança do Sul R$ 7,60 – imediato (26)
2)Jaú R$ 4,60 – imediato (26)
3)Botucatu R$ 5,10 (previsão para junho)
4) Itaí R$ 5,50 (previsão para junho)
5) Coronel Macedo R$ 5,50 – imediato (26)
6) Guatapará R$ 12,40 (previsão para 01 de julho)
7)Santa Rita do Passa Quatro R$ 7,10 (previsão para 01 de julho)
8) São Simão R$ 7,10 (previsão para 01 de julho)
9) Batatais R$ 7,90 (previsão para 01 de julho)
10) Restinga R$ 7,90  (previsão para 01 de julho)

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui