SEGURANÇA: Ciclistas e pedestres da Via Anhanguera e do Anel Viário, na região de Ribeirão Preto (SP), võ ganhar faixas refletivas para que possam ter mais segurança ao trafegar pelass westradas. Fotos: Divulgação/Entrevias

De acordo com a concessionária, medida visa reduzir riscos de atropelamentos, sobretudo noturnos, e reforçar sobre condutas preventivas

Os pedestres e ciclistas que utilizam diariamente as rodovias administradas pela concessionária Entrevias vão ter mais segurança em sua circulação. Isso porque a empresa iniciou nessa semana a distribuição gratuita de coletes refletivos para ciclistas, pedestres e andarilhos, da região de Ribeirão Preto.

De acordo com a concessionária, a ação é itinerante e acontece na Via Anhanguera (SP-330) e na Rodovia Alexandre Balbo (SP-328), conhecido como Anel Viário Norte.

Ainda de acordo com a empresa, as equipes de Inspeção de Tráfego também entregarão os coletes como atividade da rotina operacional. Além disso, todos que circulam pelo acostamento, seja a pé ou de bicicleta,  também receberá um kit de higiene com álcool em gel.

Pesquisa

De acordo com a Entrevias, os funcionários irão fazer uma pesquisa rápida com informações importantes que, posteriormente, poderão ser utilizadas para a definição de outras iniciativas de incentivo à segurança. São coletados dados como informação de partida e destino, local de residência e frequência pela qual a pessoa se desloca pelas rodovias. A iniciativa será realizada em todo o eixo rodoviário sob concessão da empresa em Ribeirão e entorno.

 Atenção redobrada

A presença de pedestres e ciclistas em rodovias é cada vez mais comum. Na maioria dos casos, o deslocamento é motivado pela ida e volta do trabalho, mas há também outros perfis observados nas rodovias: ciclistas que muitas vezes desconhecem os trechos e as características do tráfego em vias rápidas, e moradores que as utilizam para caminhadas, prática que é contraindicada até mesmo pelo aspecto da saúde, já que a presença contínua de veículos libera grande quantidade de monóxido de carbono.

De acordo com um levantamento da empresa, as presenças mais frequentes de pedestres ocorre na Via Anhanguera e no Anel Viário Norte, devido à proximidade de trechos urbanos.

PERIGO CONSTANTE: O uso de faixas refletivas é muito importante para garantir a segurança ao trafegar.

Ainda de acordo com a concessionária, a rodovia não é lugar de pedestre, mas se for extremamente necessário, a orientação é que se faça o percurso somente pelo acostamento e com a atenção redobrada. Além disso, deve-se evitar usar os celulares e fones de ouvido, porque podem causar distração.

Medidas de segurança

Algumas medidas simples de segurança podem ajudar a deixar mais seguro o caminho de ciclistas e pedestres:  evitar pedalar próximo de ônibus e caminhões ou disputar espaço com veículos, usar equipamentos de segurança obrigatórios, roupas claras ou coloridas ao caminhar e luzes dianteiras e traseiras nas bicicletas.

O trecho sob concessão da empresa também é caminho para andarilhos que se deslocam entre cidades. Ocorrências desse tipo são abertas sempre que a Concessionária presta algum tipo de atendimento, orientação ou utiliza ainda algum recurso operacional junto a transeuntes. A presença deles é observada também pelas câmeras de monitoramento e por meio de abordagens de operação (viaturas que percorrem o trecho).

Ao identificar risco iminente com a presença de andarilho próximo à faixa de domínio, seja contra a própria vida ou como ameaça de acidente a terceiros, a partir de comportamentos imprudentes, a concessionária atua orientando e, se necessário, aciona a polícia.

“Nosso objetivo é reduzir o número de acidentes, com boas práticas de segurança. Nessas abordagens damos orientações para que não fiquem vulneráveis ou coloquem terceiros em risco.”, completa Jorge Baracho.

Mais informações no site da empresa ou pelo 0800 3000 333.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui