ACIDENTE FATAL: O subtenente PM da Reserva Remunerada Jorge Luis Kessler morreu na madrugada desta quinta-feira (10), , após um acidente no Km 349 da BR-364, em Cuiabá (MT). Foto: Divulgação/Ilustrativa

Subtenente morreu após colisão contra caminhão na madrugada desta quinta-feira (10)

O ex-comandante da Polícia Militar Rodoviária (PMRv) de Bom Jesus (SC), subtenente da reserva Jorge Luiz Kessler, de 46 anos, morreu na madrugada desta quinta-feira 910), na BR-364, entre Cuiabá e Santo Antonio do Leverger, em Mato Grosso.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente ocorreu por volta de 1h no km 349 da rodovia. Ainda de acordo com a PRF, Kessler conduzia um caminhão Scania T 113, com placas de Xanxerê/SC, quando saiu da pista e bateu contra um paredão de pedras na Serra de São Vicente. Ele morreu no local.

O subtenente da reserva era natural de Itapiranga, no Extremo-Oeste de Santa Catarina. Ele comandou o Posto 9 da PMRv de agosto de 2014 a outubro de 2018, mas prestou mais de 30 anos de serviço à Polícia Militar.

Atualmente Kessler estava aposentado e morava em Lucas do Rio Verde (MT) onde trabalhava como motorista de caminhão.

O Comandante da PMRv, coronel José Evaldo Hoffmann Jr, juntamente com todo os nossos policiais militares rodoviários, lamentaram a morte do colega.

TRISTEZA E IRONIA: De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), acidente foi por volta de 1h no km 349 da rodovia. Luiz Kessler, que foi comandante da Polícia Rodoviária de SC, conduzia seu caminhão Scania T 113, quando saiu da pista e bateu contra um paredão de pedras na Serra de São Vicente, falecendo no local.

Nota de falecimento

A Polícia Militar Rodoviária (PMRv) de Santa Catarina, com muito pesar lamenta o falecimento do Subtenente PM da Reserva Remunerada Jorge Luis Kessler, após um acidente fatal, na madrugada desta quinta-feira, dia 10 de outubro, no Km 349 da BR 364, em Cuiabá (MT).

Nascido em Itapiranga, o Subtenente Kessler foi comandante do Posto 9 da PMRv, em Bom Jesus, de agosto de 2014 a outubro de 2018. Após a passagem para a reserva remunerada, residia em Lucas do Rio Verde (MT), onde atuava como caminhoneiro. Ele deixa esposa e duas filhas.

O Comandante da Polícia Militar Rodoviária, Coronel José Evaldo Hoffmann Jr, juntamente com todo os nossos policiais militares rodoviários, lamenta profundamente a morte deste guerreiro, e presta as suas condolências a família e amigos.

“Ao completar seus dias dedicados ao serviço, ele regressou para casa” – Lucas 1:23

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui