A partir de agora, com a integração da Polícia Rodoviária Federal (PRF) ao Sistema Protocolo Integrado, toda a sociedade poderá consultar, diretamente na internet, informações sobre processos e documentos produzidos no Sistema Eletrônico de Informações (SEI), o qual é um sistema de gestão de processos e documentos eletrônicos do governo federal.

O sistema de Protocolo Integrado permite também que o usuário cadastrado possa acompanhar os processos de seu interesse através do recebimento de e-mail enviado automaticamente pelo sistema em caso de nova tramitação.

Os dados mantidos no Sistema Protocolo Integrado se referem a um relevante conjunto de informações sobre cada documento, avulso ou processo, como: assunto, interessado(s), histórico de operações.

O Sistema está disponível na internet, no endereço www.protocolointegrado.gov.br, para acesso a partir de qualquer computador e possui interfaces diferenciadas, sendo possível, também, o seu uso por dispositivos móveis como tablets e smartphones.

PRINCIPAIS BENEFÍCIOS:
Para a Sociedade
• Oferecer visão integrada do trâmite dos documentos, avulsos ou processos, com maior transparência e facilidade de acesso – computador ou celular;
• Reduzir o tempo de atendimento;
• Minimizar os deslocamentos para o acompanhamento do trâmite dos documentos, avulsos ou processos;
• Manter o cidadão informado sobre a movimentação dos documentos, avulsos ou processos, por e-mail – mensagem automática por movimentação.

Para os Órgãos e Entidades da Administração Pública Federal
• Ofertar serviço útil à sociedade, disponibilizando consulta integrada de sistemas de protocolo do Governo Federal, e recebimento de informes de tramitação via e-mail;
• Promover a transparência ativa, garantindo aos cidadãos o direito de acesso à informação, conforme determina a Lei n° 12.527, de 18 de novembro de 2011 (Lei de Acesso a Informações);
• Simplificar o atendimento ao cidadão, de acordo com o Decreto nº 6.932, de 11 de agosto de 2009 (simplificação do atendimento público prestado ao cidadão), possibilitando a ampliação dos serviços eletrônicos prestados pelos órgãos e entidades;
• Reduzir custos por meio da redução da demanda de atendimento presencial;
• Promover a padronização das informações provenientes dos diversos sistemas de protocolo;
• Possibilitar consultas gerenciais sobre documentos, avulsos ou processos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui