Fiscalização de transporte irregular nas BRs-304 e 427. Foto: Divulgação

De acordo a PRF, durante a operação as equipes fiscalizaram 78 veículos, 84 pessoas e apreenderam de 24 veículos irregulares

Uma ação conjunta entre a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e a Secretaria de Tributação do Rio Grande do Norte (SET/RN), durante a semana, fiscalizou o transporte coletivo de passageiros nas rodovias BR-304 e BR-427.

Denominada Operação Pascal, as equipes se concentraram nas cidades de Caicó/RN e Mossoró/RN, onde realizaram fiscalização nas BR-427 e BR-304, respectivamente, em locais de grande fluxo de transporte interestadual e intermunicipal de passageiros.

Durante a operação as equipes fiscalizaram 78 veículos, 84 pessoas e apreenderam de 24 veículos irregulares. Ainda foram apreendidas mercadorias, todas sem nota fiscal, totalizando R$ 150.000,00 em confecções, 1.300m de tecidos, 1.000 brinquedos, 2.500 Kg de alimento animal (ração/farelo) e R$ 2.000,00 de industrializados diversos para revenda, além de uma pistola, um revólver, 105 munições, uma arma branca e um veículo adulterado.

Foram lavrados nove Termos Circunstanciados de Ocorrência – TCO. Sendo seis por exercício ilegal de profissão e três por transporte de mercadoria sem nota fiscal.

A presença ostensiva das equipes de fiscalização contribui também para a redução de acidentes nas rodovias federais, em virtude do aumento da segurança nos transportes de passageiros. O objetivo é garantir a segurança dos usuários, alertando-os sobre a importância na escolha de uma empresa regularizada, que inclusive cumpra com os protocolos sanitários necessários ao combate à COVID-19, diante do atual contexto de emergência na saúde pública.

A PRF e ANTT orientam aos usuários que, caso verifiquem a existência de veículos que realizam transporte clandestino de passageiros nas rodovias federais, entrem em contato através dos telefones 191 (PRF) e 166 (ANTT).

Fonte: PRF/RN

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui