USO ADEQUADO: Agentes da PRF flagraram mais de 300 pessoas sem o cinto de segurança, além de 44 crianças sendo transportadas sem a cadeirinha. Foto: Divulgação

Segundo a Corporação, a operação flagrou também 103 motoristas dirigindo sob o efeito de álcool

A PRF, dentro da Operação Rodovida, realizou em todo o Brasil fiscalização intensa de uso de cinto de segurança e transporte regular de crianças neste final de semana.

Em Santa Catarina, os agentes flagraram 315 motoristas e passageiros sem cinto de segurança e 44 crianças sendo transportadas de forma irregular. A cadeirinha e os demais dispositivos de retenção continuam obrigatórios e são fundamentais para preservar a vida em caso de acidente.

De acordo com o Código de trânsito Brasileiro (CTB), as crianças menores de 10 anos devem sentar sempre no banco traseiro, com cinto de segurança e, dependendo da idade, utilizar o bebê conforto (0 a 1 ano), cadeirinha (1 ano a 4 anos) ou o assento de elevação (4 anos a 7,5 anos).

Além disso, outros 103 motoristas foram flagrados dirigindo sob efeito de álcool e 79 motoristas foram autuados (multados) por realizarem ultrapassagem em local proibido. No total, foram lavrados 1.422 autos de infração no final de semana.

A PRF também registrou 82 acidentes com um saldo de 103 feridos e nove mortes no final de semana. O acidente mais grave ocorreu no domingo à tarde, na BR-470, em Ponte Alta, quando quatro pessoas morreram em uma colisão frontal entre um Siena e um caminhão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui