CAVALO DE AÇO: PRF realiza operação especial para fiscalizar motocicletas nas rodovias federais da Bahia. Fotos: Divulgação/PRF

De acordo com a Corporação, somente no primeiro semestre de 2021, foram multados 2.422 motoqueiros por diversas irregularidades

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou mais uma operação com foco na fiscalização de motocicletas nas rodovias federais da Bahia. A ação foi entre os dias 19 e 21 deste mês, em trechos da BR-324, em Salvador (BA).

De acordo com a PRF, a operação Cavalo de Aço VIII, que foi coordenada pelo Grupo de Motociclismo Regional (GMR BA), contou também com a participação de policiais lotados na sede da PRF BA, além de efetivo convocado das delegacias de Jequié e Simões Filho.

Segundo a Corporação, o objetivo da operação que acontece com frequência nas rodovias e estradas federais da Bahia é de evitar acidentes, proteger vidas, coibir possíveis irregularidades de trânsito, combater ilícitos e garantir a segurança viária no trecho fiscalizado, principalmente, em situações que envolvam veículos de duas rodas..

Números alarmantes

De acordo com levantamento da PRF, o número de acidentes, feridos com gravidade e mortes envolvendo motocicletas nas rodovias federais é alarmante.

Segundo a Corporação, no primeiro semestre de 2021, do total de acidentes ocorridos em rodovias federais da Bahia, 35% deles envolveu motocicletas, motonetas, ciclomotores e similares. Muitos desses acidentes ocorrem por imprudência ou até mesmo imperícia do condutor. O número de motociclistas flagrados dirigindo sem habilitação ou sem usar o capacete é determinante na quantidade e gravidade dos acidentes envolvendo veículos de duas rodas.

Atento a esta situação e com o objetivo de reduzir acidentes envolvendo este tipo de veículo, a PRF BA vem intensificando a fiscalização.

APREENSÃO: Durante a operação, 151 motocicletas foram recolhidas por apresentarem irregularidade impossível de ser sanada no local ou por comprometer a segurança dos usuários da rodovia.

Multas

Durante os três de fiscalização, 942 veículos foram fiscalizados e 1.181 pessoas foram consultadas nos sistemas informatizados. Desse total, 151 veículos foram recolhidos por apresentarem irregularidade impossível de ser sanada no local ou por comprometer a segurança dos usuários da rodovia. O total de autuações emitidas no período alcançou 515 multas.

Segundo a PRF, dentre as principais infrações flagradas estão a de conduzir motocicleta, motoneta e ciclomotor sem usar capacete de segurança, dirigir sem possuir habilitação e transitar com o veículo em mau estado de conservação, como pneus ‘carecas’ e sistema de iluminação defeituoso ou inoperante, além da falta de uso de equipamentos obrigatório.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui