Por meio dos 20 contratos de concessão rodoviária sob sua responsabilidade, são gerados benefícios à sociedade, tais como as verbas anuais do RDT, os atendimentos médicos, os serviços mecânicos, o recolhimento do ISSQN aos municípios, as ações socioeducativas, entre outros.

Os Recursos para Desenvolvimento Tecnológico (RDT) são verbas anuais que estão previstas nos contratos de concessão de rodovias federais destinadas à aplicação em projetos e pesquisas na área de engenharia rodoviária, para promover a modernização da infraestrutura, o desenvolvimento e o aprimoramento das concessões de rodovias federais.

O RDT é um dos benefícios gerados pelo Programa de Concessões de Rodovias Federais como a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) está divulgando na série de reportagens iniciadas neste mês de dezembro.

Em 2017, com o RDT, as concessionárias de rodovias federais investiram mais de R$ 9,7 milhões em estudos e pesquisas na área de engenharia rodoviária. Para 2018, a previsão é que esses investimentos ultrapassem R$10 milhões.

Além de estimular o desenvolvimento tecnológico aplicado às rodovias concedidas, o RDT contribui para a formação profissional de muitos estudantes de graduação, mestrado e doutorado.

Em 2017, participaram como bolsistas nos projetos do RDT 54 alunos de graduação, 21 de mestrados e 9 de doutorado.

Esse recurso também financiou, em 2017, 454 capacitações de profissionais que atuam na área de concessões rodoviárias, entre colaboradores das concessionárias, servidores da ANTT e de outros órgãos.

Muitos trabalhos financiados pelo RDT foram publicados em congressos, revistas técnicas e até mesmo contribuíram para a elaboração de normas técnicas, como a Norma Rodoviária Especificação de Material DNIT-EM 276/1996 (substituída pela DNIT-EM 276/2000).

Anualmente, a ANTT promove um Workshop sobre os Recursos de Desenvolvimento Tecnológico nas Concessões Rodoviárias, gratuito e aberto ao público, que tem o objetivo de divulgar os resultados das pesquisas realizadas e aproximar as instituições de estudos e pesquisas das concessionárias de rodovias, criando oportunidades para novas parcerias.

A seguir, as pesquisas desenvolvidas com recursos do RDT no ano de 2017:

Concessionária Título do Projeto Concluídos em 2017
Autopista Fernão Dias Desenvolvimento do modelo de deterioração de pavimentos asfálticos com uso de Instrumentação e Sistema Weigh In Motion: FASE II
Autopista Fernão Dias Metodologia para Avaliação Técnica e de Durabilidade de Sinalização Horizontal de Rodovias de tráfego muito pesado FASE II
Autopista Litoral Sul Riscos geológico-geotécnicos em taludes rodoviários: desenvolvimento de uma metodologia de mapeamento e gerenciamento digital de informações para a BR-376, trecho da Serra do Mar (PR-SC) – FASE 3
Autopista Litoral Sul Taludes rodoviários da BR-376/PR e BR-101/SC: gerenciamento da segurança e da manutenção de estruturas de contenção através de ensaios não destrutivos
Autopista Litoral Sul Misturas do tipo Large Stone Asphalt Mixture (LSAM) – uma alternativa para restauração de rodovias de tráfego muito pesado
Autopista Régis Bittencourt Soluções para a redução de acidentes por derrapagem em pista molhada através da textura superficial dos pavimentos
Autopista Régis Bittencourt Gestão da segurança dos taludes rodoviários da rodovia Régis Bittencourt, trecho da Serra do Mar PR-SP: estudos probabilísticos e monitoramento geológico-geotécnico para mensuração de riscos através de critérios econômicos
Autopista Régis Bittencourt Restaurações da camada de rolamento de pavimentos asfálticos visando maior durabilidade e atendimento da textura superficial
CONCEBRA SGO – Desenvolvimento do Sistema de Gestão de Ocorrências
CONCEBRA SAO-Desenvolvimento de um Sistema Web para acompanhamento de obras rodoviárias 24/07/2017
CONCEBRA Implantação Piloto de um Sistema de Pesagem em Movimento de Alta Velocidade (HS-WIM) como Ferramenta de Fiscalização – Tomada de Subsídio
ROTA DO OESTE Fiscalização de eixo suspenso em praças de pedágio
ROTA DO OESTE Aproveitamento do RAP em Regiões de Alta Temperatura e Tráfego Pesado
CRT SGGR-116 Sistema De Gerência Geológico-Geotécnico De Encostas e Taludes Da Rodovia BR-116/RJ 01/03/2017
ECO 101 Estabilização de Solos com Aditivo Químico, Escória e Cimento.
MGO Aplicação de Inovação em Pavimentação: Estudo de Desempenho de Misturas Usinadas de Agregados-BioLigante para Camadas de Revestimentos de Pavimentos Rodoviários
MS VIA Estudo do Comportamento Mecânico de Solos Estabilizados Quimicamente no Estado de mato Grosso do Sul BR-163/MS
MS VIA Capacitação em Gestão Socioambiental de Rodovias da BR-163/MS 11/05/2017
Transbrasiliana Análise Da Resistência A Propagação De Fissuras De Uma Membrana Polimérica Aplicada Sobre Bases Cimentadas
VIA 040 Método Para Cálculo Do Nível De Serviço Em Rodovias De Pista Simples: Desenvolvimento A Partir De Dados Da Rodovia BR 040
VIA 040 Análises De Desempenho De Pavimentos Asfálticos E De Fator Campo X  Laboratório
VIA 040 Comportamento De Taludes No Quadrilátero Ferrífero E Serra Da Mantiqueira Sob Ação De Chuva, Água E Explosivos
VIA 040 Procedimento Para Levantamento Visual Contínuo Informatizado (LVCI) Pelo Método Da Varredura 31/07/2017
VIA 040 Irregularidade Longitudinal De Pavimentos: Correlação Entre QI E IRI E Comparação De Equipamentos 31/07/2017
NOVA DUTRA Reciclagem de pavimentos com adição de cimento Portland – Desenvolvimento de método de dimensionamento e avaliação de processos construtivos 31/07/2017
NOVA DUTRA Caracterização reológica de ligantes asfálticos com vistas à seleção de materiais e ao controle de qualidade 31/07/2017
NOVA DUTRA Materiais de Sinalização Horizontal: Avaliação do desempenho para elevados volumes de tráfego 31/05/2017
NOVA DUTRA Asfalto Borracha: Revisão bibliográfica, avaliação reológica do ligante asfáltico e determinação dos parâmetros mecânicos das misturas asfálticas. 31/12/2017
NOVA DUTRA Modelo de Serviço de Telemedicina para atendimento emergencial em rodovia baseada em Centro de Apoio Referenciada para encaminhamentos 31/07/2017
NOVA DUTRA Determinação do módulo de resiliência, módulo dinâmico e flow number de misturas asfálticas com diversos ligantes asfálticos e faixas granulométricas
NOVA DUTRA Avaliação do tipo de cimento e de compactação nos parâmetros mecânicos da BGTC
NOVA DUTRA Reciclagem de pavimentos asfálticos com espuma de asfalto. Etapa 1: Estudo Laboratorial
NOVA DUTRA Treinamento e Capacitação Técnica em Pavimentação
NOVA DUTRA “Ecodriving BR – reduzindo custos e ampliando benefícios socioambientais na principal rodovia brasileira”
NOVA DUTRA Dosagem de misturas asfálticas com energias distintas no compactador giratório SUPERPAVE
NOVA DUTRA Avaliação da aderência entre camadas asfálticas Data de conclusão (concluído em 2017)

 

Os relatórios das pesquisas concluídas, inclusive de anos anteriores, podem ser acessados aqui.

Histórico – A ANTT regula e fiscaliza a exploração da infraestrutura rodoviária federal pela iniciativa privada, mediante contratos de concessão. Por meio dos 20 contratos de concessão rodoviária sob sua responsabilidade, são gerados benefícios à sociedade, tais como as verbas anuais do RDT, os atendimentos médicos, os serviços mecânicos, o recolhimento do ISSQN aos municípios, as ações socioeducativas, entre outros.

Na próxima reportagem desta série especial, será abordada a geração de empregos decorrentes das concessões rodoviárias.

Fonte: Assessoria de Comunicação da ANTT

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui