MELHORIAS: A concessionária ViaSul realiza uma série de investimentos que, a curto prazo, proporcionarão mudanças significativas e trarão melhoria na qualidade de vida de quem trafega pela rodovia, reside ou trabalha em torno da Grande Porto Alegre. Fotos: Divulgação

De acordo com a concessionária ViaSul, todos os investimentos previstos em contrato, estão sendo cumpridos

As dificuldades de acesso e os constantes congestionamentos com os quais convivem diariamente boa parte dos moradores da Região Metropolitana da capital gaúcha estão com os dias contados. A ViaSul, concessionária responsável por 98,1 quilômetros da Freeway (BR-290), entre Osório e Porto Alegre, está promovendo uma série de investimentos que, a curto prazo, proporcionarão mudanças significativas e trarão melhoria na qualidade de vida de quem trafega frequentemente pela rodovia, reside ou trabalha em torno da Grande Porto Alegre.

Até fevereiro de 2021, a Freeway contará com cinco novos acessos, sendo dois em Cachoeirinha e Gravataí, municípios vizinhos à capital. No Km 83,6 onde está sendo construída a alça que ligará a rodovia federal à avenida Papa João XXIII, foram finalizadas as intervenções preliminares e acontecem os trabalhos de drenagem e preparação das fundações nos terrenos.

Muito aguardada pela comunidade, a obra tem como principal objetivo desobstruir parte do tráfego diário da avenida Flores da Cunha, principal via de Cachoeirinha aos bairros e afetada rotineiramente com os congestionamentos. Àqueles que deixam Porto Alegre pela Freeway, o acesso trará nova alternativa de entrada à cidade vizinha.

Atualmente, o meio mais acessível é pela ponte Cachoeira, na divisa entre os municípios, e que recebe, também, intenso fluxo de veículos oriundos da avenida Assis Brasil (zona norte da capital). Dessa forma, para ingressar em Cachoeirinha pela Freeway, o usuário poderá utilizar a nova alça no Km 83, que também permitirá a saída da cidade para a rodovia, no sentido litoral.

Relatos de usuários

O novo acesso será uma ótima opção, principalmente para os moradores da região central da cidade, conforme destaca o Agente de Compras, Guilherme Spiteler, que faz o deslocamento Porto Alegre-Cachoeirinha diariamente. “Perco, em média, uma hora e meia por dia na volta para casa, num trajeto que facilmente poderia ser feito pela metade do tempo. Na hora do pico, a Flores da Cunha satura, mas não temos alternativa”, comenta.

Para ele, o novo acesso está diretamente ligado à qualidade de vida, pois vai diluir o tráfego da avenida e reduzirá os congestionamentos. “Certamente é a obra de maior impacto desde a ampliação da ponte. Esperamos pela alça há muito tempo e é muito bom saber que ficará pronta logo” vibra Guilherme.

Outra obra de relevância à região e igualmente esperada pela população está sendo executada no Km 80, em Gravataí.  Com os trabalhos de drenagem e terraplanagem em andamento, o novo acesso contemplará três novos movimentos de entrada e saída da rodovia ao município, em ambos os sentidos.

RELEVÂNCIA: outra obra de relevância à região e igualmente esperada pela população é esta no Km 80, em Gravataí. Os trabalhos de drenagem e terraplanagem estão em andamento; o novo acesso terá três novos movimentos de entrada e saída da rodovia ao município, em ambos os sentidos.

Acesso facilitado

Uma das alças, que contará com uma rotatória, permitirá a quem trafega na BR-290 em direção ao litoral, adentrar a Gravataí pelo viaduto já existente, e vice-e-versa. Um outro acesso ligará diretamente a cidade à Freeway no sentido Porto Alegre, e quem segue pela rodovia no sentido capital poderá ingressar diretamente em Gravataí, sem necessidade de via alternativa.

Contribuindo ainda mais com a mobilidade dessas regiões, desde 15 de agosto a população já conta com a desativação do pedágio no Km 77, em Gravataí, mudança significativa igualmente atendida nesse programa de concessão.

Com a alteração da praça para o Km 60 da Freeway, a população de cidades do eixo metropolitano como Gravataí, Viamão e Alvorada, que se deslocam diariamente para Porto Alegre a trabalho ou estudos, passarão a utilizar a Freeway, sendo beneficiados pelos serviços da rodovia em suas jornadas. A mudança traz grande vantagem aos usuários desses locais, pois poderão se deslocar com mais segurança e conforto, fazendo uso de vias apropriadas para o alto fluxo de veículos.

Além desses investimentos, outras três obras estão sendo executadas na BR-290 neste segundo ano de concessão, todas com os serviços iniciais em curso. No Km 4,8 – Osório, será construída a alça que ligará a Freeway à RSC-101, rodovia de acesso ao Parque Eólico de Osório e permitirá ligação da Freeway à RS-030.

Já no Km 32,1 – em Santo Antônio da Patrulha, e Km 62,6, em Gravataí, duas novas alças permitirão ao motorista que segue pela rodovia, no sentido Porto Alegre, retornar à estrada no sentido litoral utilizando viaduto existente.

Alteamento de OAE

Concomitante às obras dos acessos, a concessionária está realizando os trabalhos de alteamento das Obras de Arte Especiais (OAEs) nesses locais. A intervenção consiste no levantamento da plataforma dos viadutos para a reconstrução dos pilares de apoio a fim de deixar as estruturas em altura padrão, determinada em norma do Dnit.

Segundo o diretor da ViaSul, Fausto Camilotti, a manutenção das obras e serviços em meio às dificuldades encontradas neste momento reforça a expertise do Grupo e comprometimento da empresa com os gaúchos. “Diante de tudo, seguimos firmes na missão que assumimos. Mantivemos todos os investimentos previstos, estamos com nossos compromissos contratuais em dia, cuidando das pessoas e das rodovias. Mas, muito mais que fazer obras e cumprir prazos, é muito gratificante ver que nossas entregas, junto à nossa prestação de serviços de excelência, estão mudando a vida da população para melhor”, destaca.

Além dos acessos, a Freeway terá, ainda, a construção de uma passagem inferior no Km 85,8, em Porto Alegre, com conclusão prevista no terceiro ano de concessão.

Fonte: Assessoria de imprensa da ViaSul

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui