Após readequação do projeto, licitação das obras de ampliação da BR-135 entre na fase final e as obras podem começar em setembro
Retomada a licitação da BR-135 no Maranhão

A Superintendência Regional do DNIT no Maranhão retomou, em sessão pública, na sede da Superintendência do DNIT no Maranhão, a licitação do Edital 87/2012-15 que trata das obras de ampliação da BR-135, no trecho entre o bairro da Estiva, em São Luís, e o município de Bacabeira. O processo licitatório havia sido suspenso em junho, para reavaliar a solução de engenharia, que foi mantida após análise da perspectiva concreta do reposicionamento da adutora. Caso haja necessidade de alterações no projeto inicial, estas serão feitas de maneira pontual, durante a obra.

A empresa EQUIPAV Engenharia Ltda, que havia sido inabilitada na primeira fase da licitação no item qualificação técnica, garantiu o direito da abertura de sua proposta de preços por meio de liminar concedida pelo juiz federal José Carlos do Vale Madeira. Com o retorno da EQUIPAV à disputa, duas propostas foram abertas: a do Consórcio SERVENG/ATERPA M. MARTINS, valor de R$ 354.699.315,02 e a da EQUIPAV Engenharia Ltda., valor de R$ 345.252.591,47. Ambas abaixo do valor máximo previsto pelo DNIT que é de R$ 370.699.266,89.

Após a análise das propostas apresentadas, pela comissão de licitação, o resultado será publicado no Diário Oficial da União Segundo o Superintendente do DNIT no Maranhão, Gerardo Fernandes, o início das obras está previsto para setembro deste ano. “Estamos na fase final da licitação. Caso ocorra tudo dentro do previsto, daremos início às obras, e esperamos concluí-la em 2 anos”, declarou.