BALANÇO: Rodovia D. Pedro I (SP-065) registra uma morte no carnaval 2020. Empresa responsável pelo Corredor Dom Pedro contabilizou 31 acidentes com 23 feridos. Foto: Divulgação

De acordo com a concessionária responsável pelo Corredor Dom Pedro, o feriado registrou também 31 acidentes com 23 feridos

O feriado de carnaval no Corredor Dom Pedro teve o registro de uma morte nesse carnaval. De acordo com a concessionária responsável, entre 0h de sexta-feira (21) e 24h dessa quarta-feira de Cinzas (26), foram registrados 31 acidentes com 23 feridos. A vítima fatal foi num acidente no sábado (22) no km 21 da D. Pedro I (SP-065), em Igaratá. No carnaval de 2018 e 2019, a concessionária também registrou mortes no carnaval.

Nesse mesmo período, a empresa contabilizou a passagem de 860.173 veículos, 2% acima do registrado em 2019. O retorno do feriado teve movimento relativamente tranquilo pelas vias, com o tráfego diluído na terça e quarta-feira.

Ainda de acordo com a concessionária, foram feitos 1259 atendimentos nos seis dias, e as panes mecânicas foram o principal problema registrado, com 480 ocorrências. Principal ligação entre a Região Metropolitana de Campinas (RMC) e as praias do Litoral Norte, a D. Pedro I teve fluxo de 592 mil veículos.

Segundo a empresa, a D. Pedro I também tem importantes conexões com outras estradas, como a Via Anhanguera (SP-330), Fernão Dias (BR-381) e Via Dutra (BR-116). Na rodovia Prof. Zeferino Vaz (SP-332), entre Campinas e Mogi Guaçu, foram registrados a passagem de 131 mil veículos. Na região de Jundiaí, a Eng. Constâncio Cintra (SP-360) teve movimento de 110 mil usuários, enquanto a Romildo Prado (SP-063) registrou quase 27 mil veículos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui