COMEMORAÇÃO: A rodovia SC-401 completou hoje, 211 dias sem acidentes e mortes, e teve uma troca de placas alusiva à marca. O evento contou com a presença do comandante-geral da PMSC Coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes Júnior. Foto: Divulgação

Resultado positivo não significa que a rodovia esteja em bom estado de conservação; há necessidade de revitalização

A Polícia Militar Rodoviária (PMRv), de Santa Catarina, realizou na manhã desta quinta-feira (13) uma solenidade de troca simbólica de placa na Rodovia José Carlos Daux, a SC 401, onde hoje foi alcançado a marca de 211 dias sem mortes. O evento contou com a presença do comandante-geral da PMSC Coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes Júnior.

De acordo com a PMRv, a rodovia estadual, que é a mais movimentada de Santa Catarina e por onde passam 73 mil veículos diariamente, não alcançava esta marca deste 1995. Com 19,600 km de extensão, ela é a principal ligação para o Norte da Ilha de Santa Catarina.

“Várias situações colaboraram para este momento. Implementamos uma série de ações preventivas, principalmente a fiscalização da Lei Seca, o que traz este importante resultado”, destacou o Comandante da PMRv, Tenente-Coronel José Evaldo Hoffmann Jr.

O último acidente fatal foi registrado em novembro de 2018. As ações de engenharia de trânsito realizada na rodovia também são fatores decisivos que contribuíram para a diminuição das mortes registradas. Além disso, a observação e cumprimento das regras de trânsito também colaboram para que o número de mortes diminua “Se o motorista, que diariamente se utiliza da rodovia, observar as regras de trânsito e fazer a sua parte, com certeza fará com que essa marca seja superada mais e mais a cada dia, e que menos vidas sejam ceifadas”, complementou o comandante.

AÇÕES DE SEGURANÇA: O último acidente fatal foi registrado em novembro de 2018. As ações de engenharia de trânsito realizada na rodovia também são fatores decisivos que contribuíram para a diminuição das mortes registradas

Ha um estudo de mobilidade urbana da Grande Florianópolis, o Plamus, que prevê que a SC-401 seja transformada em uma avenida compartilhada, com ônibus, pedestres e ciclistas com espaços exclusivos, dentro de um conceito de humanização da rodovia. O projeto por enquanto está só no papel.

Revitalização

Nesta semana, o governo do estado autorizou investimentos de R$ 32 milhões para melhorar a rodovia. A revitalização vai ser feita em 12 quilômetros entre o entroncamento com a SC-404, no bairro Itacorubi, e a ponte sobre o Rio Ratones, na SC-402.

“Alargamento em alguns trechos para facilitar o fluxo, teremos algumas intersecções que serão mexidas, como melhoramento da curvatura nas entradas e saídas de pista, para melhorar a segurança, toda a parte de recapeamento nos trechos onde de encontra degradado o asfalto, e a parte de sinalização também está abrangida”, disse Carolos Hassler, secretário de Estado da Infraestrutura.

A maior parte dos serviços deve ser feita à noite pra não atrapalhar o trânsito. A previsão é começar a obra em um mês. A conclusão fica pra daqui a dois anos.

Há poucos dias, o Fórum de Turismo da Grande Florianópolis até lançou uma campanha para cobrar do estado agilidade na revitalização.

“Nós temos certeza que hoje é o maior gargalo, não só pra quem mora aqui, mas para o turismo. A rodovia precisa ser preparada para as pessoas. Por isso, passarela é fundamental, ciclovias, calçadas largas. Porque hoje as pessoas trabalham, se alimentam, vão ao teatro, vão ao banco, tudo na mesma região”, disse Zena Becker, coordenadora do Fortur.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui