A Polícia Rodoviária Federal divulgou o cronograma do concurso para 750 vagas de policial rodoviário federal que está parado há mais de dois anos e será retomado a partir teste físico.

Nesta terça-feira (7), será publicado edital com a convocação dos candidatos para atualização dos dados cadastrais. A atualização deverá ser feita de 13 a 24 de fevereiro pelo site www.cetroconcursos.org.br. O edital de convocação para as provas de capacidade física e avaliação psicológica será divulgado no dia 1º de março. O teste físico será no dia 10 de março e a avaliação psicológica, em 11 de março – clique aqui para ver o cronograma completo.

Haverá ainda exame de saúde, entre os dias 23 e 27 de abril. O início do curso de formação profissional está marcado para 4 de junho. A previsão é de que o concurso seja homologado em 5 de setembro.

No dia 2, foram publicadas no “Diário Oficial da União” as instruções normativas referentes a exames físicos, psicológicos, de saúde e avaliação de comportamento e de idoneidade moral nos concursos públicos de admissão ao cargo de policial rodoviário federal. As regras valem tanto para o concurso para 750 vagas como para os próximos a serem lançados.

No dia 27, saíram no DOU o resultado final da prova objetiva, a nota da redação, a nota final da primeira etapa da primeira fase e classificação do concurso para 750 vagas. A relação traz os candidatos classificados em até 6 vezes o números de vagas por unidade da federação. As listas vão da página 96 até a 112 da Seção 3.

Acordo- Um acordo firmado em setembro entre a PRF e a Funrio, que garantiu a continuidade do concurso, estabelece que a organizadora continuará responsável pelas demandas judiciais referentes às provas objetiva e de redação, em especial as ações judiciais que envolvam anulação de questões da prova objetiva ou determinação para que os autores possam prosseguir nas demais etapas. Assim, as demandas devem ser enviadas à Funrio.

Conforme o edital de abertura, publicado em 2009, para os exames de capacidade física e avaliação psicológica serão convocados três vezes o número de vagas, ou seja, 2.250 candidatos.

Já para a avaliação médica serão até 1.500 candidatos, os melhores colocados e aptos na fase anterior (capacidade física e avaliação psicológica). Destes, 750 serão chamados para o Curso de Formação Profissional, com duração de cerca de 3 meses.
Na avaliação de saúde os exames apresentados devem ter sido realizados há no máximo 180 dias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui