FALTA DE RESPEITO: O desrespeito às leis de trânsito e a falta de respeito com o ser humano é o exemplo vivo do que ocorreu na vida do policial militar rodoviário Geraldo Roberto Valadares, o sargento Valadares, quando de um atendimento a um acidente na BR-135, em Corinto (MG). Foto: Divulgação

Geraldo Roberto Valadares, o sargento Valadares, com 28 anos de serviços prestados à Corporação, foi atropelado por motorista que desrespeitou a sinalização local e ainda evadiu-se sem prestar socorro (veja vídeo)

O desrespeito às leis de trânsito e a falta de respeito com o ser humano é o exemplo vivo do que ocorreu na vida do policial militar rodoviário Geraldo Roberto Valadares, o sargento Valadares, quando de um atendimento a um acidente (sinistro) na BR-135, em Corinto (MG).

De acordo com o depoimento do sargento Valadares, que tem 28 anos de serviços prestados à Polícia Militar Rodoviária de Minas Gerais (PMRv-MG),quando ele chegou no local  do sinistro foi informado pela concessionária da rodovia, que se tratava de uma ocorrência com vítimas fatais, envolvendo uma camionete capotada com pelo menos três mortes.

Ainda de acordo o sargento Valadares, de imediato foi reforçada a sinalização no local para que as equipes pudessem trabalhar com segurança no local do sinistro. “Infelizmente, tem motorista que não tem noção de que um cone num local de acidente quer dizer que ele precisa reduzir a velocidade. O motorista simplesmente me atropelou e fugiu. Ele não parou para me socorrer. Fui arremessado para o lado, e vi minha bota e meu boné. A hora que eu levantei a minha perna, eu vi que ele tinha arrancado a minha perna”.

De acordo com a Corporação, o sargento Valadares foi socorrido e levado ao hospital de Curvelo (MG), onde permaneceu por três dias e depois foi transferido para o Hospital da Polícia Militar em Belo Horizonte (MG), onde ficou internado por dois meses. Além da dolorosa recuperação, o sargento Valadares perdeu a perna direita, teve infecções e foi submetido a diversas cirurgias.

Veja abaixo o depoimento na íntegra do sargento Valadares, um tributo ao Dia Mundial em Memórias das Vítimas de Trânsito, promovido pela Polícia Militar Rodoviária de Minas Gerais (PMRv-MG), que tem como compromisso prevenir sinistros de trânsito. Com isso, tem intensificado suas ações em toda a malha rodoviária no Estado.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui