RELATÓRIO: Os números mostram que, nos três primeiros meses do ano, 89.028 indenizações foram pagas pelo Seguro DPVAT. Homens são a maioria entre as vítimas indenizadas. Foto: Divulgação

De acordo com a Seguradora Líder, documento mostra que os homens representaram 75% do total de indenizações concedidas

Maio é o mês de conscientização sobre a violência no trânsito, chamando atenção para o alto número de mortos e feridos nas ruas e estradas. Para ajudar a provocar reflexões dentro do contexto do movimento Maio Amarelo, a Seguradora Líder lança um Relatório Estatístico apresentando os dados dos pagamentos do Seguro DPVAT no primeiro trimestre de 2020. Os números mostram que, nos três primeiros meses do ano, 89.028 indenizações foram pagas pelo Seguro DPVAT.

O documento aponta que as solicitações referentes a acidentes que resultaram em invalidez permanente representaram a maioria das indenizações pagas pelo seguro no período, 67% (59.726). O reembolso de despesas médicas e suplementares (DAMS) contou com aumento de 22% nos pagamentos: foram 20.004, correspondendo a 23% do total. Os casos de morte mantiveram o patamar do ano anterior, com 9.298 indenizações, cerca de 10% do total.

Quando destacado o recorte do perfil das vítimas, os homens representaram 75% do total de indenizações concedidas pelo Seguro DPVAT. A faixa etária mais atingida no primeiro trimestre de 2020 foi a de 25 a 44 anos, representando 48% do total de sinistros pagos. Com mais de 52 mil indenizações, os motoristas representaram cerca de 59% do total de indenizados, seguidos pelos pedestres, com 28%, somando 25.364 indenizações, e os passageiros, com 11.277 pagamentos emitidos.

Para conferir o Relatório Estatístico do 1º Trimestre de 2020, clique aqui.

Fonte: Seguradora Líder

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui