O secretário em exercício de Infraestrutura e Logística do RS, Claudemir Bragagnolo, conheceu uma nova tecnologia de sinalização para rodovias, produzida a partir de poliuretano. Em reunião realizada com a empresa gaúcha Ecopol, ficou acordado a instalação dessa sinalização nos pontos críticos da ERS-324, conhecida como Contorno Leste de Passo Fundo.

Bragagnolo afirmou que a intenção é fazer um estudo de campo em um trecho de aproximadamente 1,5 quilômetros. “Os novos meios ecologicamente corretos são um caminho sem volta. É mais do que moda, é uma exigência que veio para ficar”, destacou o secretário em exercício, ao afirmar que o Estado precisa adotar essas novas tecnologias, que preservem o meio ambiente.

Nos próximos dias, a empresa acertará os detalhes da instalação do material com a superintendência regional do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) de Passo Fundo.

Também participou da reunião o diretor de Operação Rodoviária do Daer, Cleber Domingues.

Empresa disponibilizará tachão e tacha bidirecional para o Daer instalar na rodovia

Na sinalização horizontal, as tachas e tachões são utilizados para divisão do fluxo de sentidos no trânsito e para o balizamento de interferências na pista. Podem também, substituir as lombadas, como redutores de velocidade.

A tacha bidirecional é um dos dispositivos auxiliares à sinalização horizontal fixado na superfície do pavimento. Produzido a partir de uma mistura de resinas e catalisadores, consiste em um corpo resistente aos esforços provocados pelo tráfego, possuindo duas faces com elementos retro refletivos.