Acidente entre Cobalt e Scania matou pai, mãe e filha, de 10 anos, na BR-470, em SC. Foto: Divulgação

Abalroamento, na tarde deste domingo (3),  foi provocado pela ultrapassagem indevida do motorista do Cobalt; os três ocupantes da mesma família morreram no local

A imprudência pode ter sido o principal fator do grave acidente que matou três pessoas da mesma família, na tarde deste domingo (3), na BR-470, em Santa Catarina, quando um Chevrolet Cobalt, placas de Sarandi (RS) fez uma ultrapassagem indevida provocando o abalroamento com um caminhão Scania, placas de Nova alvorada (RS).

O acidente aconteceu no km 182 da BR-470, em Pouso Redondo, na região do Vale do Itajaí, e a família voltada de Balneário Camboriú. No carro, viajavam o pai (motorista), a mãe e a filha de 10 anos. Cleder Barbieri, de 47 anos, Cristina Jacobsen Barbieri, 44 anos, e Giovana Barbieri, de 10 anos, morreram no local. A família passou o fim de semana em Balneário Camboriú. O caminhoneiro, de 33 anos, não ficou ferido.

Caminhão Scania abalroou o GM Cobalt, na tarde deste domingo (3), matando os três ocupantes. Foto: Divulgação

De acordo com os agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o carro trafegava no sentido do litoral quando o motorista tentou ultrapassar o caminhão. Apesar de imprimir alta velocidade, ele não conseguiu concluir a ultrapassagem e tentou voltar para a pista. Como a via estava molhada pela chuva, o carro teria deslizado e ele bateu ao lado do caminhão.

Os recursos do Corpo de Bombeiros, de Pouso Redondo, foram acionados para atender à ocorrência, mas, os três ocupantes do Cobalt faleceram no local do acidente. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui