Segundo a PRF, motorista da Van estaria sob efeito de álcool e fez uma ultrapassagem proibida provocando a colisão frontal com o caminhão. Foto: Divulgação

Segundo a PRF, a colisão frontal aconteceu depois de uma ultrapassagem proibida feita pelo motorista da Van, que morreu na colisão, assim como o caminhoneiro

Um acidente, na tarde de quinta-feira (31), entre uma van e um caminhão causou ao menos oito mortes, no km 54 da BR-402, entre Morros e Humberto de Campos, no Maranhão. Ambos os veículos ficaram destruídos e vários passageiros ficaram presos nas ferragens.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a van, que trafegava no sentido decrescente (Barreirinhas para Rosário), teria feito uma ultrapassagem proibida e acabou colidindo frontalmente com o caminhão frigorífico. Policiais ainda teriam achado vestígios de embriaguez por parte do condutor da van, que morreu no local, assim como o caminhoneiro.

IRRESPONSABILIDADE: Motorista da Van forçou ultrapassagem e colidiu com caminhão frigorífico; caminhoneiro também morreu no local. Foto: Divulgação

A Secretaria de Estado da Saúde informou que nove pessoas receberam assistência médica no Hospital Regional de Morros, sendo que três estavam em observação com quadro estável, entre elas duas crianças. As outras seis vítimas foram transferidas para o Hospital Clementino Moura, em São Luís.

As autoridades policiais vão verificar os tacógrafos da Van e do Caminhão para analisarem as condições em que os veículos estavam no momento da colisão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui