PIRACICABA: Concessionária AB Colinas promove nesta quarta (11), em Piracicaba (SP), campanha de educação para moradores da cidade. Foto: Divulgação

De acodo com a concessionária Colinas, ação será realizada entre 9h e 11h nas instalações da empresa JSL

A AB Colinas realiza nesta quarta-feira (11), entre 9h e 12h, em Piracicaba (SP), mais uma edição da campanha de conscientização de trânsito Usuário na Via, que integra o Programa de Redução de Acidentes (PRA) da concessionária.De acordo com a concessionária, o evento acontecerá na empresa JSL, que fica na Rua Felipe Zaidam Maluf, 2.000, onde os participantes vão receber materiais informativos sobre boas práticas no trânsito e serão orientados pela equipe da concessionária sobre como utilizar o óculos simulador de embriaguez, aparelho que mostra para as pessoas o efeito nocivo do álcool durante a direção.

Ainda de acordo com a empresa, o O PRA tem como objetivo levar a conscientização do trânsito para além das rodovias, em empresas, escolas e associações por meio de palestras sobre segurança no trânsito. A finalidade desses encontros é conscientizar as pessoas que utilizam diariamente as rodovias a serem multiplicadores de boas práticas para um trânsito mais seguro.

De acordo com o Infosiga, sistema do programa Respeito à Vida do Governo do Estado de São Paulo, referente ao ano de 2019, o número de pedestres vítimas fatais em decorrência de acidentes de trânsito apresentou redução de 4,5% na comparação com o ano anterior. Em 2019 foram registrados 1.397 casos contra 1.463 em 2018.

O estudo apresentado pelo estudo também mostra que uma em cada três vítimas de atropelamento tem mais de 60 anos. Outro dado importante revelou que 58,6% dos casos acontecem no período da noite e nos finais de semana (41%).

Ainda sobre os atropelamentos, esse é o tipo de ocorrência que mais faz vítimas mulheres, onde 33,9% dos óbitos envolvem pedestres do sexo feminino.

O estudo aponta ainda que os motociclistas seguem liderando as estatísticas de vitimas fatais no trânsito. No ano passado, 35,2% dos óbitos vitimaram condutores ou passageiros de motocicletas. Os pedestres aparecerem em segundo com 25,7%, ocupantes de automóveis estão em terceiro com 25,5% e ciclistas somaram 7,4%. Outros tipos de vítimas representam 6,2%.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui