QUEDA: Van cai de viaduto na Linha Vermelha, no Rio, e deixa um homem morto e 13 feridos, nessa segunda (10). Foto: Marcos Porto/Agência O DIA

O veículo transportava 17 pessoas, sendo que 13 ficaram feridas. O Estradas apurou que o veículo tinha 49 multas, sendo 45 por excesso de velocidade

Um acidente (sinistro) na Linha Vermelha (RJ-071), no Rio de Janeiro, envolvendo uma van intermunicipal de passageiros, que caiu de um viaduto, na manhã dessa segunda-feira (10), deixou um homem, identificado como Mauro Francisco Vieira, morto.

De acordo com testemunhas, o motorista dirigia em alta velocidade e o veículo bateu em uma mureta. Outras pessoas afirmaram, entretanto, disseram que a van bateu num veículo antes de cair. A causa do acidente será apurada pelas Polícia Civil.

O motorista foi identificado como Manoel José de Melo Neto estava com a CNH em dia. O veículo levava 17 pessoas; 13 ficaram feridas, segundo o Corpo de Bombeiros. Destas 8 já tiveram alta esta manhã(11).

De acordo com o Detro, a van carregava dois passageiros a mais do que o permitido por lei e, por isso, vai aplicar uma multa no valor de R$ 1.813,91. Segundo o órgão a documentação do veículo estava regular.

O Estradas manteve contato com o Detro-RJ para saber mais detalhes do sinistro. Até a publicação desta matéria, não obteve resposta.

Van tem 49 multas totalizando R$ 7.911,49

Em apuração exclusiva o Estradas apurou que o veículo tem 49 multas, sendo 48 nos últimos 12 meses. O modelo Mercedes Benz Sprinter de 2017, está registrado no sistema do Inmetro em nome de Marcelo de Souza Fraga.

Das 49 multas nada menos que 45 são por excesso de velocidade, o que foi indicado por algumas testemunhas como causa do acidente (sinistro). São todas da Polícia Militar do Rio de Janeiro. Em algumas ocasiões o veículo foi multado duas vezes no mesmo dia, em diferentes pontos.

Além disso, constam três multas da PRF, sendo uma delas por trafegar no acostamento e outra da guarda municipal por avançar o sinal vermelho. Com a multa aplicada pelo Detro, no valor de R$ 1.813,91 , por trafegar com mais passageiros que a capacidade do veículo, o total de multas atinge R$ 9.725,40. Foram 48 multas em apenas 12 meses.

Pelo número de infrações que foram identificadas é possível estimar que a prática de excesso de velocidade, mais passageiros que o autorizado, falta do uso de cinto de segurança, são situações quase que diárias, colocando em risco a vida de passageiros e demais usuários das vias urbanas e rodovias, por onde o veículo transita.

Resta saber por que o Detro considera que o veículo está regular, com tantas infrações registradas? Por duas vezes o Estradas entrou em contato com o Detro na tarde desta terça-feira mas ninguém atendia na Assessoria de Imprensa, nem responderam nossa solicitação de informações pela manhã para o gabinete da presidência.

NOTA DO DETRO SEM MENÇÃO AS MULTAS IDENTIFICADAS PELO PORTAL

O Detro-RJ lamenta o acidente e está à disposição das autoridades para colaborar com as investigações. Informamos que o veículo estava com a situação regular, apresentando vistoria em dia, além de toda documentação obrigatória.

De acordo com a legislação vigente, as vans intermunicipais devem ter a capacidade máxima de 15 pessoas. No momento do acidente, 17 pessoas estavam no veículo. Uma equipe do Detro-RJ estava a poucos metros do acidente e autuou o veículo.

O valor da multa é de R$ 1.813,91, dobrando em caso de reincidência. Nas diversas operações ao longo de 2021, o Detro-RJ flagrou e multou 122 vans por excesso de passageiros.

Informações mais recentes

Segundo apuramos com o Detro, os permissionários, que são 537 em todo o estado do Rio de Janeiro, passam por inspeção semestral. Entretanto, as multas aplicadas pelo Detran não são verificadas.

O responsável pelo veículo deve apresentar dois motoristas cujo prontuário é checado. Entretanto, os motoristas mudam regularmente e devem ser cadastrados novamente, caso contrário é passível de multa. O Detro também utiliza o GPS para verificar se os condutores estão seguindo o itinerário. Qualquer desvio implica em multas pesadas. Inclusive já foi o caso da van envolvida na Linha Vermelha (RJ-071).

Como o órgão informou que os veículos multados por excesso de passageiros foram 122 no ano de 2021, isto significa média de 1 a cada três dias. No universo de 537 permissionários, com milhares de viagens diariamente, é irrisório.

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui