Segundo os militares, rodovia, em Juiz de Fora, segue interditada. Carga ainda não foi retirada do veículo, que foi consumido pelas chamas

O corpo de uma pessoa foi localizado dentro da cabine da carreta que tombou na manhã desta quinta-feira (9), na BR-267, em Juiz de Fora, próximo à Usina de Marmelos, na Estrada União Indústria.

A suspeita é que a vítima seja o motorista do veículo, que vinha do estado do Rio de Janeiro e seguia para Matias Barbosa. Segundo o Corpo de Bombeiros, ainda não há conhecimento da existência de outros passageiros no veículo.

As duas pistas da rodovia seguem interditadas e devem ser liberadas nesta sexta-feira (10), após o transbordo da carga, prevista para as 6h. A Secretaria de Transporte e Trânsito (Settra) divulgou as opções de desvio para os motoristas que precisarem passar pelo local.

Ainda de acordo com os bombeiros, duas explosões atingiram o veículo após o acidente. Cerca de 20 militares foram empregados na operação de combate às chamas e foram gastos 15 mil litros de água e seis galões de líquido gerador de espuma.

Durante a operação de controle ao incêndio, o Exército Brasileiro (EB) e a Companhia de Abastecimento Municipal (Cesama) disponibilizaram um caminhão tanque cada.

Desvio

Ainda na noite desta quinta, militares permanecem no local realizando ações de prevenção contra incêndio, até que o veículo seja retirado da pista.

A Settra informou que, por causa do acidente, houve alterações na região próxima ao acidente. Os ônibus do transporte coletivo e os carros são desviados para Alameda Ilva Mello Reis, no Bairro Santo Antônio.

Os caminhões foram desviados para a BR-040. Agentes do Departamento de Fiscalização de Transporte e Trânsito da Settra monitoram vias próximas ao local do acidente.

Fonte: www.g1.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui