Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito terá evento especial em Brasília

Postado dia 17/11/2013 | | Comentários

Ministério das Cidades promove neste domingo (17/10), às 10h, ações dedicadas ao Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito, no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade, em Brasília (DF). Esta é uma iniciativa do Pacto Nacional pela Redução de Acidentes de Trânsito (Parada- Um Pacto Pela Vida) em parceria com o Governo do Distrito Federal e a ONG Trânsito Amigo para conscientizar a população sobre a necessidade da mudança de atitude no trânsito.

Durante todo o dia, os interessados poderão conhecer mais sobre o Parada e suas campanhas publicitárias, novas tecnologias de segurança automobilísticas, receber instruções educacionais sobre trânsito seguro, e participar de atividades infantis e shows culturais.

O objetivo é demonstrar à sociedade e às autoridades a importância de conscientizar que os acidentes trágicos nas ruas e estradas de todo país são previsíveis e podem ser evitados para que os números de mortes e acidentes no trânsito diminuam todos os dias. Com as ações, o Ministério das Cidades pretende promover uma reflexão sobre um trânsito mais seguro e humanizado para que não haja mais a dor pela perda inestimável de uma vida.

Dados do Ministério da Saúde mostram que morrem quase cinco pessoas por hora em acidentes de trânsito, 120 por dia, mais de 42 mil por ano e mais de meio milhão ficam feridas. Para as Nações Unidas, essa situação precisa ser revertida com o apoio de todos: do próprio cidadão, das autoridades, do setor privado, das organizações sociais e dos meios de comunicação.

Simultaneamente, no domingo, os Departamentos Estaduais de Trânsito (Detrans), os órgãos gestores de trânsito e as ONGs também realizarão ações para celebrar a data e promover um alerta à sociedade. As cidades são: Rio Branco (AC), Belo Horizonte (MG), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Palmas (TO), Teresina (PI), Vitória (ES), Porto Alegre (RS), Boa Vista (RR) e Rio de Janeiro (RJ).

Parada pela Vida- A redução do número de acidentes de trânsito no Brasil passou a ser uma prioridade para o Governo Federal. Apenas no ano de 2010, o país alcançou a marca de 42.844 vítimas fatais do trânsito. Para reverter este quadro, o governo lançou, em maio de 2011, o Pacto Nacional pela Redução de Acidentes (Parada – Um Pacto pela Vida), com o objetivo de mobilizar agentes públicos e a sociedade para conscientizar os motoristas sobre os riscos do desrespeito às regras do trânsito. As ações são coordenadas pelo Ministério das Cidades. A iniciativa visa estimular esforços em todo o mundo para conter o elevado número de mortes no trânsito.

 

Confira aqui a programação completa

DIA MUNDIAL EM MEMÓRIA ÀS VÍTIMAS DE TRÂNSITO

Programação Preliminar:

9 hs – abertura dos portões

10hs – Solenidade de Abertura (mestre de cerimônias)

(falas: Detran/Denatran/Hugo e Gilmar)

Maria Cristina Hoffmann Representante do DENATRAN
Albano de Oliveira Lima Diretor-Geral do DETRAN/DF
Fauzi  Nacfur Júnior Diretor-Geral do DER/DF
Hugo Leal Deputado Federal – Frente Parlamentar em Defesa do Trânsito Seguro
Victor Pavarino Representante da OPAS/OMS
Diretora-Geral da PRF
Representante do Ministério da Saúde
Representante do Ministério da Justiça
Representante do Ministério dos Transportes
Representante do Ministério da Previdência Social
Fernando Diniz Presidente da ONG Trânsito AmigoPai de vítima fatal de acidente de trânsito
Gilmar Yared Instituto Paz no Trânsito – Pai de vítima fatal de acidente de trânsito

10:30hs – Apresentação de Simulação de resgate em acidentes de trânsito – SAMU/DF

10:50 hs – Apresentação de Marcela Taís

(cantora Gospel, vítima de acidente de trânsito).

11:10hs – “Fazendo da dor e do amor a luta por uma causa!”  – Conversa com Fernando Diniz

11:30 hs Banda Trazendo a Arca e Clovis Ribeiro (Gospel)

12:30 hs Culto Evangélico – pastor da Assembleia de Deus – Ronaldo Fonseca

12:45 hs – “Transformando luto em luta para mudar o perfil do trânsito.” – Conversa com Gilmar Yared.

13:00h  - Teatro – DETRAN/DF

13:30 hs – missa Bispo auxiliar Dom José Aparecido

14:30hs – Encerramento oficial

Carlos Antônio Vieira Fernandese/ou o Ministro Secretário Executivo do Ministério das Cidades
Agnelo Queiroz               Governador do Distrito Federal
Hugo Leal Deputado Federal – Frente Parlamentar em Defesa do Trânsito Seguro
Victor Pavarino Representante da OPAS/OMS
Representante da PRF
Representante do Ministério da Saúde
Representante do Ministério da Justiça
Representante do Ministério dos Transportes
Representante do Ministério da Previdência Social
Fernando Diniz Presidente da ONG Trânsito AmigoPai de vítima fatal de acidente de trânsito
Gilmar Yared Pai de vítima fatal de acidente de trânsito

 

15hs – Show Pe. Fábio de Mello

Atividades simultâneas ao palco principal:

1 – Caminhão-escola da MAPFRE “Na pista certa” (atividade infantil)

2 – Simulador de direção – Real Simuladores

Observações:

 Depoimentos:

Fernando Alberto da Costa Diniz – engenheiro, funcionário da Petrobrás, Presidente da ONG Trânsito Amigo. Pai de Fabrício Pinto da Costa Diniz, vítima fatal de acidente de trânsito em 10/03/2003. Transformou sua dor em luta pela redução de acidentes de trânsito.

Na ocasião faleceram também mais duas jovens, todos três sentados no banco de trás de um automóvel, na Avenida das Américas, Barra da Tijuca – Rio de janeiro.

O motorista que conduzia o carro assim como a passageira que ocupava o banco do carona sobreviveram. Marcelo Henrique Negrão Kijak, que dirigia o veículo naquela trágica noite, é filho de um cidadão de nacionalidade uruguaia e mãe brasileira o que lhe confere a condição de nacionalidade dupla. Ele foi indiciado por homicídio culposo.

Gilmar Yared – pai de Gilmar Rafael Yared, 26, falecido por acidente de trânsito em 07/05/2009. O veículo que colidiu era conduzido por Fernando Ribas Carli Filho, 26, na época deputado estadual, havia saído de um restaurante e estava alcoolizado. Carli Filho dirigia com a carteira de habilitação suspensa, com 24 multas por excesso de velocidade, sendo 5 delas na rua do fato que tem velocidade máxima permitida de 60 km por hora. Carli Filho foi expulso do PSB em julho de 2009. É filho do político Luiz Fernando Ribas Carli ex-deputado estadual, ex-deputado federal e ex prefeito Guarapuava.

 

 


Notícias Relacionadas


No tags for this post.