Duas carretas pegam fogo em rodovia de Santa Catarina

Postado dia 3/2/2013 | | 0 comentário

Duas carretas pegaram fogo na rodovia BR-101, no sul do Estado de Santa Catarina na noite de ontem, sábado (2).

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, os dois veículos estavam estacionados próximos um do outro em um posto de gasolina, no km 402 da rodovia, próximo à entrada da cidade de Maracajá.

O fogo começou em uma das carretas por volta das 21h e se alastrou até o outro veículo. Por volta das 23h, o fogo já estava controlado e não houve registro de vítimas.

De acordo com a PRF, há indícios de crime, mas ainda é cedo para afirmar que o incêndio esteja vinculado a uma onda de ataques em todo o Estado desde a última quarta-feira (30).

Do início dos atentados, às 22h de quarta até as 13h deste sábado (2), foram registrados 31 ataques em 10 cidades diferentes.

A Polícia Militar registrou 19 veículos queimados, entre eles 14 ônibus, cinco atentados contra prédios da segurança pública, um ataque a prefeitura e seis ocorrências menores, como fogo em lixeiras. Uma pessoa ficou ferida e 14 foram detidas.

O balanço da PM divulgado às 13h deste sábado indica registros em Florianópolis (8), Balneário Camboriú (1), Itajaí (4), Jaraguá do Sul (2), Joinville (7), Criciúma (1), Gaspar (2), Camboriú (3), Palhoça (1) e Laguna (2).

Na sexta-feira (1º), o secretário estadual da Segurança Pública, Cesar Grubba, admitiu que os registros deste ano têm relação com a onda de ataques de novembro de 2012, quando a PM registrou 68 episódios violentos em 17 cidades no feriado prolongado da República.

O secretário atribuiu a autoria dos ataques a facções criminosas do Estado, entre elas o PGC (Primeiro Grupo Catarinense), formado por presos da penitenciária de São Pedro de Alcântara (30 km de Florianópolis), de onde diz ter partido a ordem para os ataques de 2012.


Notícias Relacionadas


No tags for this post.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *